Rev. Sandro

Essas duas palavras resumem bem o que é a nossa vida, tanto precisamos de ajuda como temos a vocação e o chamado para a ajudar. Deveríamos estar cientes que aqueles que amam ajudar, também precisam e ajuda. Há contextos que ajudamos e a outros contextos que somos ajudados, e as vezes ajudamos e somos ajudados ao mesmo tempo. Concorde ou não, precisar de ajuda faz parte do ser humano. Essa ajuda vai muito além da indicação de um médico, dentista ou um restaurante. É a ajuda para alma, diante daqueles momentos que passamos por perdas, crises familiares, quando as aflições parecem esmagar, quando as pressões tiram as forças.

A grande verdade é que vivemos num contexto marcado pela autossuficiência e orgulho, onde pedir ajuda soa como sendo sinal de fraqueza. As pessoas relutam e muito em dizer que não estão bem, na verdade, se esforçam para maquiar o vazio, a tristeza, a dor, a angústia e outros mais. É claro que ninguém quer parecer fraco, antes querem passar a imagem de que vai tudo bem, por fora parece bem resolvido, mas por dentro, não sabe para onde está indo. Por fora parece feliz, mas por dentro está corroído pela tristeza. Por fora a família está muito bem, mas por dentro, há conflitos, acusações no relacionamento, na vida familiar.

Quando nos desvencilhamos da falsa autossuficiência, não só reconhecemos nossas necessidades como também somos ajudados. Não é feio reconhecer suas fraquezas, feio é esconder e ignorar as necessidades. Coloque suas necessidades para as pessoas certas e você será fortalecido, coloque suas necessidades para as pessoas erradas e você será massacrado, esconda suas necessidades e você se cansará por carregar pesado fardo.

É bom lembrar que somos necessários também, até nos pequenos conselhos que partilhamos, podemos ajudar o próximo ser perceber que fizemos isso, assim é a dinâmica da vida. É gratificante você receber aquela mensagem de alguém que você ajudou em algum momento, mas nem lembrava do que foi. Isso significa que ajudar, está no nosso DNA. Você, eu, sempre seremos necessários na vida de alguém, assim como em algum momento estaremos necessitados de ajuda, de conselhos, de apoio.

Na Bíblia Sagrada encontramos muitos mandamentos recíprocos, ou seja, mandamentos que tratam do “uns aos outros”, de ajudar o próximo e ser ajudado pelo próximo. Deus nos chama para ajudar o próximo assim como chama o próximo para nos ajudar, assim caminha a humanidade. Enfim que Deus nos capacite a sermos ajudadores, ao mesmo tempo, que Deus levante pessoas para nos ajudar em meio as necessidades, porque somos necessários na vida de alguém e também somos necessitados.

Rev Sandro – pastor da Igreja Presbiteriana de Pinhão

LEIA TAMBÉM:

Meus pêsames

Cuidado com as notícias politizadas

Limites do bem

 


Compartilhe

Veja mais