Rev. Sandro

Alguém já disse que respeitar os limites não torna você limitado, pelo contrário, quem é sábio respeita os limites do bem. Essa palavra soa muito mal para aqueles que vivem loucamente, não respeitando nada, passando por cima de valores e princípios. Há muitos ignorantes que não se esforçam para compreender que há limites do mal e há limites do bem. Os limites do mal, são aqueles limites que visam limitar sua vida, não permitindo que você avance, desenvolva.

Os limites do mal, são aqueles que surgem de ideologias e ideias que querem tirar a liberdade religiosa, acabar com visão bíblica de família, coibir certos direitos adquiridos. Mas meu propósito não é falar dos limites do mal e sim dos limites do bem. Uma vida ilimitada é um caos, uma sociedade sem limites não avança, está fadada ao fracasso. Os limites no trânsito seriam desnecessários se todos tivessem prudência ao dirigir, mas devido a imprudência, se faz necessário limites de velocidade, para o bem de todos. Há limite no cartão de crédito, e mesmo assim tem gente que aumenta consideravelmente o limite, para depois ficar chorando que estourou o limite e isso traz sérias consequências.

Há limite na alimentação, se você comer desregradamente sem limites, isso traz sérios problemas para sua saúde. Há limites na quantidade de remédio que você pode tomar. Limites do bem nas mãos de gente ruim, se torna ineficaz, perigoso inclusive. Isso é observado no Congresso Nacional, políticos são eleitos para fazer o que é correto e certo, mas esses limites são rompidos quando entra a corrupção, e pior ainda, há corruptos que usam esses limites para verem o cisco no olho do outro mas ignoram a tora que está no seu próprio. Usando as palavras de Jesus “é como jogar pérolas aos porcos”.

O atual momento nos mostra o quanto os limites do bem, se fazem necessários, há limite de pessoas no supermercado, na igreja, na própria casa, não podendo realizar uma festa de aniversário e outros. O Lockdown, quarentena, demonstram o quanto os limites do bem se fazem necessários. Infelizmente há muitos ignorantes, gente que ignora o atual momento, gente que faz questão de extrapolar os limites, colocando a si mesmo e outros em risco. Defendo que esses paguem pesadas multas, ou sejam presos, para aprenderem a respeitar os limites do bem. Enfim, que esse momento que estamos vivendo nos leve a considerar que os limites do bem são para o bem, os limites impostos por esta Pandemia, visam coibir esse vírus maldito.

Pode ser chato, complicado, mas se todos forem prudentes e considerarem que esses limites pandêmicos, visam não aumentar os números de óbitos, de gente doente, de gente que fica com sérias sequelas, então mais à frente teremos muito o que celebrar. Que o Eterno Deus nos dê discernimento e sabedoria, para lidarmos bem com os limites do bem e rejeitarmos os limites que visam o mal. Deus te abençoe e respeite os limites do bem.

Rev Sandro Pastor da Igreja Presbiteriana de Pinhão

LEIA TAMBÉM:

Quando isso vai acabar?

Não seja enganado por você mesmo

CHEGA DE DECRETOS, SERÁ??

 

 

 


Compartilhe

Veja mais