Capa e Editorial da Edição nº: 800

                                                                                  Oitocentos!!!

Hoje circulamos com a nossa edição de número 800, ou seja, em vinte anos, ininterruptamente, toda quinzena e depois semanalmente, o Fatos do Iguaçu chegou às mãos dos nossos leitores. Um orgulho para nós. Mas, nosso orgulho, contentamento não está em estarmos com a edição 800 ou de estarmos completando esses 20 anos, mas de já termos realizado mais de dez mil reportagens sobre os pinhãoenses e reservenses. Acompanhamos de perto ao longo desses vinte anos alguns fatos, como a pavimentação asfáltica da PR 459, sempre demos espaço, vez e voz aos cidadãos nessa questão e em muitas outras. Às vezes fomos a pulguinha incomodativa que não deixou as autoridades esquecerem seu compromisso assumido com a população. O Fatos do Iguaçu sempre esteve presente nos momentos marcantes dos municípios de Pinhão e Reserva do Iguaçu, acompanhamos sempre por exemplo o trabalho do judiciário, a luta para que a Comarca virasse intermediaria, e hoje, na edição 800, temos o prazer de noticiar os avanços que a Comarca tem conseguido após a sua elevação, bem como a superação de ranços e entraves que a Comarca tinha, a agilidade que, por exemplo, a vara civil ganhou. Outra questão que o Fatos do Iguaçu sempre debateu, mostrou, deu  visibilidade, foram as belezas naturais, a riqueza gastronômica e cultural religiosa e artística dessa região e sempre afirmou e colocou a discussão da potencialidade turística que os municípios tem. É com muita satisfação que nesta edição tão significativa para nós, trazemos as reportagens sobre turismo. O VI Encontro de Turismo em Reserva do Iguaçu, o curso de capacitação para os empresários e empreendedores que o Sindicato Rural promoveu sobre turismo em Pinhão, a participação da Fundação da Copel Fundere, no Encontro do Turismo, vem demonstrar que aquilo que o Fatos do Iguaçu vem mostrando em suas reportagens, como possibilidades de desenvolvimento econômico e bem estar social já estão se tornando realidades. Bom demais ver que logo, logo as reportagens serão muito mais mostrando ações e avanços do que sobre possibilidades.Infelizmente, a imprensa não vive só de noticias boas, e nesta edição há reportagens tristes, que mostram o quanto alguns seres humanos ainda desrespeitam a vida e as crianças. Porém, as mesmas reportagens demonstram que melhorou, evoluiu, que hoje o judiciário, policia militar e civil, conselho tutelar e assistência social trabalham juntos, que os crimes não levam mais dez anos para serem julgados. Mas, continuamos firmes, mesmo sabendo que ao mexer em alguns temas, fazer algumas reportagens, registrar ações e posicionamentos, alguns ficam bravos, descontentes, torcem o nariz e até as noticias. A edição 800 vem marcar nossa seriedade com os fatos, a verdade, o respeito com o nosso leitor. Os insatisfeitos às vezes ficam bravos, gritam, mas cara feia para nós nunca nos assustou, muito menos gritos e destemperos. Enfim, chegar na edição 800 é muito bom e gratificante, porque registramos mais que a historia de Pinhão e Reserva do Iguaçu, registramos e damos visibilidade aos sonhos e realizações dos pinhãoenses e reservenses. E vamos firmes e fortes para a edição 1000!

Faça seu comentário

WhatsApp chat
error: Alerta: O conteúdo está protegido !!
%d blogueiros gostam disto: