Policia Militar atendeu 1.496 ocorrências em 2018

Comandante do 4º Pelotão de Policia Militar de Pinhão,  Primeiro Sargento Fábio Alexander Hartmann.  – Foto: Arquivo/Fatos do Iguaçu

O maior numero de ocorrências  foi de furtos

Por Nara Coelho

A Policia Militar é responsável por uma série de atendimentos que vão da abordagem de suspeitos a perda de documentos, cumprimento de mandados, segurança do trânsito entre outras. Entre os atendimentos diretos de situações que envolvem o bem material ou a vida das pessoas, vamos encontrar mais de quinze tipos.

Em Pinhão, em 2018 a Policia Militar atendeu a 1.496, ocorrências, que vai dar uma média de pelos menos quatro ocorrências ao dia.

FURTOS E ROUBOS

A ocorrência mais freqüente foi o furto, que é a situação que o ladrão leva algo de alguém, mas o proprietário não sofre nenhum tipo de ameaça ou violência física, estes totalizaram 253, em terceiro lugar vieram os roubos, que foram 75, nesse caso a vitima sofreu grave ameaça ou violência no momento do roubo.

AMEAÇAS E LESÕES CORPORAIS

As ocorrências que ficam em segundo lugar são os registros de ameaças, que ao longo do ano totalizaram 97. Em quarto lesões corporais que foram 73. Pelos números, percebe-se que em Pinhão a questão cultural de “não levar desaforo para casa” é um dos fatores que faz com que o índice de violência, principalmente da agressão física seja alto e predominante em relação a outras ocorrências.

MANDADOS E PORTES DE ARMAS

O aumento de algumas ocorrências são situações geradas como o cumprimento de mandados judiciais, apreensão de aramas e apreensão de drogas.

“Temos mantido o trabalho constante e uma gerencia bem próxima à equipe sempre estimulando os policiais a darem o melhor de si no seu trabalho”, explicou o  comandante do 4º Pelotão de Policia Militar de Pinhão, Sargento Fábio Alexander Hartmann.

No correr do ano passado foram cumpridos 42 mandados, apreendidas 51 armas e realizadas 6 ações que envolveram o tráfico e levaram à apreensão de drogas.

TRÂNSITO

As estatísticas nacionais mostram que noventa por cento dos acidentes de trânsito estão ligados ao despreparo e ou descuido dos motoristas, desrespeito com as normas do trânsito, assim, pelo porte do município, é bem preocupante o número de ocorrências ligadas ao trânsito, que totalizaram 50.

VIOLENCIA DOMÉSTICA

 A violência doméstica chama a atenção pelo seu baixo índice, ao longo de 2017 foram registradas 45 ocorrências, o que nem de longe  representa a realidade.

Infelizmente ainda é comum as mulheres ou os vizinhos chamarem a PM para intervir numa violência doméstica, mas, depois de acalmado o infrator a mulher não querer registrá-la. “Nós até conseguimos ter uma ampliação desse número, nos últimos meses devido a estarmos sempre nos meios de comunicação, falando da importância das mulheres registrarem as violências e de informamos as pessoas, os vizinhos, que é importante que eles denunciem quando observam que está ocorrendo uma briga entre casais. Essas campanhas têm dado resultado. Mas realmente ainda está longe da realidade”, destacou o Sargento.

FINAL DE ANO

O  primeiro sargento Hartmann, que atua em Pinhão já há um bom tempo e que desde agosto de 2018 está a frente do 4º Pelotão da Policia Militar, colocou que o final de ano foi bem tranqüilo em relação a anos anteriores, “O final do ano podemos dizer que foi até tranqüilo, e que o índice de criminalidade vem diminuído, temos conseguido realizar um bom trabalho graças ao aumento de viaturas e de pessoal que tivemos”.

E complementou: “O trabalho tem melhorado, e claro que é resultado do trabalho de todos que nos antecederam no comando, do apoio que recebemos em algumas ações da Rotam e Choque e claro, temos muito a melhorar tanto em estrutura como em pessoal e encaminhamentos estratégicos, mas temos dado o nosso melhor”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × cinco =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: