Viatura policial

Na tarde de domingo, 19 de setembro, o plantão do 4º Pelotão da Polícia Militar de Pinhão – Pr foi acionado por um senhor que relatou que foi jogar futebol em um campinho próximo de sua casa, momento em que ele e seus colegas encontraram um indivíduo caído ao lado do campo e,  quando se aproximaram, verificaram que o indivíduo estava em óbito.

Diante das informações, uma equipe policial deslocou-se juntamente com o investigador da polícia civil  até a localidade de Rocio, no Assentamento Silvério, ao chegar no local, foi constatado o fato e verificado que o indivíduo possuía lesões na parte de trás da cabeça, aparentando se tratar de um homicídio.

O local foi isolado e acionados os órgãos competentes. Posteriormente, em contato com terceiros, estes mencionaram o apelido do indivíduo, Polaco, em óbito, que convivia com uma senhora que reside próximo do local. Em seguida a equipe deslocou-se até a residência onde a vítima residia para se informar sobre os seus dados pessoais, verificando que a porta estava aberta, de onde pôde visualizar uma espingarda encostada ao lado da cama, sendo então apreendida e verificado que estava carregada com um cartucho calibre 32, a senhora foi indagada sobre o armamento, ao que essa respondeu que era de seu companheiro, que ele havia comprado para a sua defesa.

Quanto ao nome de seu companheiro, respondeu que não sabe o verdadeiro nome, que conviveu com ele por sete anos e só o conhece pelo apelido.

No entanto, informou que ele possuía um irmão de 52 anos, sendo que levou a equipe até a casa dele. Ao se aproximar da casa, a equipe verificou que um indivíduo se evadiu pela porta dos fundos, em uma área de mata.

Diante dos fatos, a equipe realizou apreensão do armamento e efetuou a entrega na Delegacia de Polícia Civil Pinhão para os procedimentos.

Com informação do 4ºPPMPho


Compartilhe

Veja mais