Estrada Serra da Mula

Os moradores da Serra da Mula, que fica no municipio de Pinhão/Pr no trecho que liga a comunidade de Bom Retiro e faz divisa com o municipio de Inácio Martins enfrentam uma situação caótica para sair da sua localidade e para buscar médico, educação para os filhos, tirar seus produtos ou mesmo levar mantimentos para a casa.

“Nem carro traçado sai”

O morador Emerson Sokolowski procurou a redação do Fatos do Iguaçu e fez um pedido de socorro, expondo as dificuldades para os moradores da região saírem de lá, “Para sair para Pinhão as estradas não têm cascalho, quando chove, não tem carro traçado que saia daqui, do lado de Inácio ficamos isolados por causa do rio”.

Sete anos sem ponte

Para sair por Inácio Martins para buscar o que precisam tem o rio, mas há 7 anos está sem ponte.

Após muita luta, em 2013 foi construída uma ponte, que na enchente de 2014 foi arrastada pelas águas.

Nos últimos 7 anos os moradores arriscam suas vidas passando por uma pinguela de cabo de aço por dentro do rio para levar mantimentos para a família.

Veja o vídeo dos moradores fazendo a travessia do rio de carro e  a pé.

Como as crianças irão para a escola?

Emerson conta que na comunidade crianças estão chegando na idade de ir para a escola, que sua esposa realizou um transplante de rim, que ele fica sempre pensando como fazer numa emergência com chuva. “Precisamos de uma ponte, crianças vão precisar de escola, trazer compras para casa é sempre uma situação complicada. Meu primo já quase perdeu a vida passando pela pinguela.

Ouça o áudio que o morador Emerson Sokolowski, enviou à redação do Fatos do Iguaçu

O direito de ir e vir

A constituição brasileira garante a todo cidadão o direito de ir e vir, o poder público existe para garantir aos cidadãos as condições mínimas para uma vida digna.

Viver com a preocupação que se chover só um pouco ficará isolado da possibilidade de médico, educação e até mesmo de alimentos não é ter qualidade de vida.

Devido à pandemia, Emerson ainda não procurou a atual administração para expor o problema. Fica a pergunta: será que um problema desse porte não é visível às autoridades?

LEIA TAMBÉM:

Legislativo conversa com a Unicentro sobre Jardim Botânico

Preso Zé Pequeno por lesão corporal e descumprimento de medidas protetivas

Confira as vagas atualizadas da Agência do Trabalhador


Compartilhe

Veja mais