Na última sessão da Câmara Municipal de Pinhão-Pr o clima esquentou entre alguns vereadores, principalmente entre a vereadora Luzyanna Rocha Tavares, PSD e o vereador Alexandro Caldas Camargo, PP. A temperatura subiu devido à votação de um requerimento pedindo a prorrogação por mais 30 dias para conclusão da CEI nº 02/2021 que investiga a denúncia contra o executivo recebida por e-mail e aponta diversas irregularidades nos Processos de Licitação – Pregões n.ºs 12 e 31/2021 do Poder Executivo Municipal e o fato de um veículo em nome da esposa do prefeito do Município estar prestando serviço à empresa vencedora das licitações.

A justificativa para o pedido de dilação do prazo é que foram ouvidas muitas pessoas e anexados diversos documentos ao processo, e a análise detalhada das falas e documentos requerem mais tempo do que foi inicialmente estipulado.

Após mais de 25 minutos de discussões e trocas de acusações, o requerimento  foi aprovado por unanimidade.

 Veja  como foi o “debate” sobre o requerimento.

 

 


Compartilhe

Veja mais