Capa e Editorial da Edição nº:895

EDITORIAL

Dê a preferência

Não há nada mais importante, nada maior, mais significativo que a vida. Pois tudo parte da vida. Tudo que há no mundo está aí porque há seres humanos, ou seja, porque há vida e vida pensante. Essas vidas pensantes são tão inteligentes que criam objetos e máquinas maravilhosas. Uma delas são os veículos, olha que há veículos dos mais variados tipos, os utilitários, que são os carros que levam famílias, os pais para o trabalho, as crianças para a escola, tem as motocicletas, que na região tem sido muito útil no interior.

As camionetes que servem para passear e para o trabalho. Sem esquecer do maquinário pesado, os tratores e máquinas agrícolas. Os caminhões,que hoje são bi e tri trem, que levam a produção do sul pro norte, do norte pro sudeste, do sudeste para o nordeste e vice e versa.

Bem, se a gente parar para pensar em todas essas máquinas, teremos certeza que o ser humano é extremamente inteligente e que tem uma preocupação com o bem-estar. Isso é muito bom!Agora,por que será que essa mesma capacidade intelectual não é usada na hora de utilizar essas máquinas maravilhosas? Por que é tão difícil respeitar as normas de trânsito que garantem bem mais que o bem-estar, garantem a vida?

Desrespeito é geral, é o poder público que não coloca toda a sinalização necessária. É pedestre que atravessa a rua no meio dos carros, que nem lembra e muito menos utiliza a faixa de trânsito. É caminhoneiro que não respeita rotatória e passa por cima. É proprietário de máquinas agrícolas que circulam com elas pelas rodovias, afinal, são só uns poucos quilômetros.

São motoristas que não respeitam o pedestre na travessia da faixa. Seta sendo utilizada é coisa rara. O ser humano aprende a dirigir, ato bem complexo, contudo, não consegue compreender que trânsito é comunicação, é bom senso, é respeito ao outro. Todo mundo tem o seu motivo para estar com pressa, para ultrapassar onde não deve, para desrespeitar a vez do outro na rotatória.

Quando menos se espera os motivos se chocam e provocam mortes, filhos ficam sem pais, mães choram a perda dos filhos. O trânsito não é um caos como as pessoas costumam dizer. Caos é a forma como as pessoas dirigem e desrespeitam as leis e, consequentemente o outro e a vida. Assim para que o trânsito se torne um lugar seguro só depende de uma coisa – que todos, motoristas e pedestres dêem preferência à vida.

Deixe uma resposta

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: