A Páscoa como deve ser

A Páscoa é a celebração mais importante do cristianismo, pois aponta para o sacrifício e ressurreição de Cristo Jesus. Aponta para o amor imenso de Deus pelos seus filhos, pois Ele enviou seu único Filho para morrer em nosso lugar.

Na Bíblia Sagrada temos uma afirmação fantástica do que Cristo fez por nós, “a si mesmo se deu por nós, a fim de nos livrar de toda maldade e de nos purificar, fazendo de nós um povo que pertence somente a ele e que se dedica a fazer o bem” (Tito 2.14). A páscoa é Jesus se doando por nós, sofrendo em nosso lugar, derramando seu sangue, para nos trazer nova vida.

Embora muitas igrejas enfatizem o sacrifício de Jesus apenas, não podemos nos esquecer de que no terceiro dia Ele – JESUS, ressuscitou, a morte não o segurou. Um dos símbolos que aponta para esta verdade é a cruz vazia, pois Jesus não está mais pregado na cruz, Ele VIVE, e todos os dias podemos conversar com Ele, pois Ele mesmo prometeu no evangelho de Mateus, depois de sua ressurreição, “eis que estou convosco todos os dias” (Mateus 28.20). Jesus está conosco, está com você leitor, e isso significa muito, pois a sua presença não é apenas para estar ao lado, mas sua presença é transformadora, nos traz segurança, ousadia, paz, consolo, proteção e tudo mais.

O que não podemos fazer é ignorar essa verdade. Jesus é real, a história, documentos extra bíblicos confirmam o que a Bíblia afirma, JESUS É REAL e essa verdade transformadora da Páscoa deve ser visitada todos os dias, não apenas no feriado de Páscoa. Outro fato interessante com respeito a ressurreição de Cristo Jesus, é que o seu túmulo é famoso, porque está vazio, enquanto que túmulos de famosos são visitados, e os seus restos mortais estão lá, o túmulo de Jesus é diferente, está vazio – JESUS NÃO ESTÁ MAIS LÁ. Ele está cuidando dos seus filhos.

Na prática, convido você leitor a e refletir sobre o DOAR-SE de Jesus, a páscoa aponta para isso e creio que se você reconhece Jesus como seu Salvador e Senhor, e comemora a Páscoa, então você precisa sim se doar em prol do outro. O cuidado, a misericórdia, a generosidade, a fraternidade, que devem existir no nosso caráter, estão presentes na Páscoa.

A Páscoa nos leva a reconhecer que Jesus é por nós em todos os dias e em todas as situações, mas também nos leva a ajudar o próximo, não por obrigação, ou visando algo em troca, mas porque o Sentido da Páscoa – JESUS habita em nós e, se de fato cremos Nele, e o seguimos, então ajudar o próximo está junto. Se essas verdades não estão presentes em nossa vida, estamos comemorando outra coisa e não a Páscoa registrada na Bíblia Sagrada.

FELIZ PÁSCOA. Rev Sandro – pastor da Igreja Presbiteriana do Pinhão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − doze =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: