Valorize

Valorizar é reconhecer, agregar valor, edificar, fortalecer entre outros sentidos. É muito bom você sentir-se valorizado, um elogio do trabalho bem feito, um elogio para o cônjuge, para o filho, para o pai, para o patrão, para o funcionário, para o professor, para o aluno. Valorizar é diferente de “puxar o saco”, neste último, a pessoa visa algo em troca, faz por interesse, enquanto que aquele que valoriza faz isso para fortalecer, animar o outro, reconhecer o valor do outro.

Tem pessoas que vivem na rua da murmuração, são infelizes consigo mesmas e reclamam de tudo, não valorizam ninguém, não valorizam nada. Outros por sua vez estão sempre dispostos a dignificar o outro, o trabalho do outro. Pensando de valorização no nosso contexto. É importante valorizarmos sim o comércio local, bem como a cidade onde moramos.

É claro que em contrapartida, o comércio local precisa também valorizar os cidadãos, com preços justos, recebendo bem os fregueses, e outros mais. É importante valorizarmos os serviços dos profissionais de nossa cidade, em contrapartida esses profissionais devem sim valorizar seus clientes, com excelente serviço.

A valorização é uma via de mão dupla, ao mesmo tempo que você dá, você também recebe. Valorizar é afirmar o outro como pessoa. Num contexto onde as coisas são mais valorizadas do que pessoas é essencial reafirmarmos que pessoas não são coisas,  e coisas não são pessoas, as coisas tem sim seu valor, mas não pode ser comparado ao valor das pessoas.

Ouvi certa história de que um jovem soube, por telefone, que seu irmão capotou o carro, rapidamente interrompeu o telefonema perguntando: mas estragou muito o carro? Quando a dor da perda por coisas for maior que a perda de pessoas, é preciso reavaliar o que é prioridade. Valorize as pessoas que estão ao seu lado e que te amam, valorize seus pais, seus filhos. Valorize os professores, os policiais, os bombeiros, os garis, valorize seu colega.

A lista é grande, e lembre-se, sempre quando se sentir desvalorizado – Jesus se fez desvalorizado naquela cruz, para nos trazer valor. Seu sacrifício nos trouxe inigualável salvação, não há maior valorização do que esta que Ele nos deu. Deus abençoe a todos, e valorize seu próximo.

Rev Sandro – pastor da Igreja Presbiteriana do Pinhão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 9 =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: