Sala do Empreendedor abre as portas em março

Reserva do Iguaçu – Juliana Barboza Sydor, secretária de Industria e Comércio de Reserva do Iguaçu conversou com a reportagem do Fatos do Iguaçu dizendo que o ponto central da sua secretaria é trabalhar com a geração de renda e emprego, tendo como base o trabalho junto às empresas já existentes no município, um trabalho forte com os pequenos agricultores buscando meios para agregar valores aos produtos da terra e incentivo a agroindústrias. Que o turismo ficou em sua secretaria e que ela visa desenvolver um trabalho que alavanque o turismo em Reserva do Iguaçu. E que as parcerias e os diálogos com todas as secretarias serão uma constante em seus encaminhamentos e em especial com a agricultura e meio ambiente na questão do turismo e agroindústrias.

Entre as propostas a abertura da Sala do Empreendedor, que tem como objetivo incentivar a legalização de negócios informais que se enquadrem nos requisitos estabelecidos pela Lei Complementar 123/06, também conhecida como Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, facilitar a abertura de novas empresas e regularizar as atividades informais e oferecer serviços aos Microempreendedores Individuais (MEI). È uma grande ferramenta para aqueles que desejam se formalizar e expandir seus negócios. Devidamente regularizados, os MEIs podem participar de processos licitatórios prestarem serviços para empresas públicas e privadas, compra ou venda de seus produtos, cursos, informações e orientações sobre a abertura, funcionamento e formalização de empresas, entre outros benefícios de forma simples e facilitada.

A sala é desenvolvida em parceria com o SEBRAE visando o desenvolvimento com ações que buscam conhecer o potencial econômico do município.  E em Reserva do Iguaçu, a abertura da Sala do Empreendedor está prevista para março. “O consultor do SEBRAE, Edson Braga, nos visitou recentemente visando abrir a sala, já temos uma pessoa que ficará no cargo de agente e participará de um treinamento nos próximos dias para que possamos atender da melhor forma os interessados em usufruir dos serviços oferecidos. A Sala do Empreendedor é uma alavanca para desenvolvimento dos pequenos negócios, que são as maiores fontes de geração de emprego e renda em Reserva do Iguaçu. Estamos confiantes, pois acreditamos no potencial local, especialmente no Turismo, a exemplo de outros municípios que se desenvolveram a partir deste setor”, comentou.

DESAFIOS

Juliana Sydor, com os demais secretários e o prefeito Sebastião Campos (PMDB), o vice-prefeito Paulo Sérgio Nunes (PDT), e alguns funcionários da prefeitura participarão do treinamento organizado pelo Sebrae sobre planejamento público. Os funcionários ligados ao setor de compra e licitação participarão em Pinhão de um curso sobre licitação, que será organizado pelo Sebrae.

Ela aponta que aumentar a geração de emprego e renda é um dos grandes desafios de sua secretaria e um dos gargalos é a falta de uma agência bancária em Reserva do Iguaçu. “A necessidade da população por este serviço é grande. As pessoas têm que se deslocar a outros municípios, principalmente Pinhão e Guarapuava para realizarem seus negócios e gastam boa parte de sua renda por lá e a nossa economia sente os reflexos, pois não há a circulação financeira. Conversamos com uma Cooperativa de Crédito e esperamos, em breve, novidades para nossos munícipes. Estamos trabalhando para fortalecer a geração de emprego e renda quer seja pelo comércio, pequenos negócios, meio rural, turismo entre outros”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + dezoito =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: