Leonei Badzinski

“Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé” (2Tm 4,7).


Depois de 25 dias de lutas frequentes contra o SARS-CoV-2 (coronavírus), dos quais, 23 dias internado, o vírus foi mais forte, “na jornada terrestre”. O Leonei Badzinski (Nei) fez sua páscoa definitiva.

Nós, famílias Bandeira e Badzinski, aceitamos a morte do Nei e confiamos integralmente na sua ressurreição com Cristo o Senhor. Que sua alma descanse em paz.

Nossa gratidão pelos 39 anos junto conosco, o apoio dos amigos, dos profissionais de saúde e da nossa Igreja.
Pe. Valdecir Badzinski
Candói, 25 de abril de 2021


Compartilhe

Veja mais