Município subsidiará 50% do transporte universitário

O prefeito de Pinhão, Odir Antonio Gotardo (PT), junto com alguns de seus secretários recebeu na tarde desta quarta-feira, 11 de janeiro em seu gabinete, representantes dos acadêmicos que utilizam o transporte universitário, que até 2016 era todo bancado pelo município, para expor a posição da atual administração. A conversa se desenvolveu de forma muito tranquila, com o posicionamento de vários acadêmicos de forma tranquila e consciente da situação.

A reunião foi aberta pela secretária de educação Maria Aparecida dos Santos, a Cida Chalegre, explicando que a prioridade legal do município é com a educação infantil e com o ensino fundamental fase I e expondo quais os custos diários e mensais do transporte universitário para a administração. Odir esclareceu que compreende que a administração pública não pode virar as costas para os acadêmicos, pois estimular o ensino universitário é importante para o município, mas que compreendia que as questões públicas passam pela contribuição de cada um, e que contava com a consciência deles, universitários, sobre a importância de dar um ensino de qualidade para os pequenos. O atual presidente da Associação dos Universitários de Pinhão (AUP), Isis da Silva, explicou que, como a administração anterior ignorou a associação, e por outros motivos esta estava praticamente desativada, mas que era questão de colocar os impostos e documentação em dia.

A proposta, segundo Odir é de subsidiar cinquenta por cento dos custos, “Nós iniciamos hoje o diálogo com os estudantes de forma muito tranquila e clara e esse diálogo vai se estender, pois há muitas coisas para serem formatadas. Nós elaboramos uma proposta que é possível ser cumprida pelo município. Iniciamos a administração em uma situação delicada na questão de dívidas herdadas, da estrutura que vai de maquinário quebrado a estradas em péssimas condições, e isso consome orçamento, e nós temos que trabalhar com o orçamento e o seu limite, que é muito pontual, diante do nosso levantamento, apresentamos aos universitários a proposta de subsidiar cinquenta por cento no custo do transporte.” Ele também explicou os valores que ficarão para os universitários, “Nos cálculos realizados pela equipe da secretaria de educação e mais alguns colaboradores, por mês, cada universitário teria o custo de em torno de 170 a 180 reais se ele utilizar transporte os vinte e dois dias no mês, ficando assim em média em torno de 88 reais mensais para cada estudante, ou seja, 4,00 reais por dia, já que o município subsidiará os outros cinquenta por cento.”.

Finalizando a reunião, o presidente Isis explicou que chamaria os universitários para uma assembleia já na próxima semana para expor a proposta do município e para eleger a nova diretoria da associação. A secretária Cida Challegre se colocou à disposição, caso eles considerem necessário, para estar presente, bem como o prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × quatro =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: