LIVROS BIOGRÁFICOS

      Lemos relativamente bastante, mas livros não são muitos. Somos mais chegados a crônicas e textos curtos do gênero.

     Entre outros livros, lemos algumas biografias de: Abraham Lincoln, Madre Tereza de Calcutá, Mahatma Gandhi, Martin Luther King, Nelson Mandela, Thomas Edison, Rui Barbosa, Matias Leh, Manoel  Lacerda Cardoso Vieira, da empresa Santa Maria de Guarapuava, “O Papel de um Sonhador”; do criminalista Mário Jorge, escrito pela colega   Guarapuavana e que atua em Curitiba, Drª. Terezinha Elinei de Oliveira;  Miguel Zattar, e por último  livro biográfico de José Aroldo Galassini, da COAMO, a maior Cooperativa Agrícola da América Latina, com em torno de 8 mil colaboradores e 28 mil cooperados.

     Em regra todos têm uma história de vida interessante, umas mais importantes e impactantes que outras, mas quase todas dão histórias, de muitas superações sofridas e vencidas e ricas em reflexões e aprendizados.

     A vida dos santos são muito interessantes, mas só li fragmentos das vidas de alguns, como Santo Agostinho. Os seus feitos ficam muito acima das fraquezas e limitações humanas dos comuns/normais. Dai biografias como  as acima, de José Alencar, Antonio Ermírio de Moraes, Daniel Keith Ludwig,  Beto Carrero,  Luciano Hang, Silvio Santos, serem interessantes.

      A inspiração para esta escrita, vem do Livro sobre a vida do Dr. José Aroldo Galassini – uma visão compartilhada, que terminarmos de ler no dia 24/08/19. Dr Aroldo, atualmente está com 78 anos, um dos fundadores da COAMO em 1970,  e  seu presidente desde 1975. Vimos entre outras coisas, que ele é natural de Brusque-SC, o 6º. de 12 filhos, foi operado de apendicite com 10 anos e internado por 25 dias; operado   de hérnia aos 18 anos; entregador com bicicleta, cobrador, vendedor de passagens na Rodoviária de Curitiba; engº. agrônomo; vítima de acidente de carro; 2 pontes e de safena e troca uma das válvulas do coração em 2011; católico, organizado e metódico desde criança; foi extensionista da Acarpa/Emater, pais de 2 filhas; com DNA do empreendedorismo e cooperativismo, líder carismático, de muitíssima credibilidade, constância, justo, honesto, envolvido com questões socias, obras comunitárias, alvo de muitas honrarias (mais de 50), a ponto de 2009 ter sido escolhido o mais importante mourãoense da história, deixando como 2º; colocado o Dr. Milton Luiz Pereira, ex-Prefeito de Campo Mourão, aquele do fusquinha azul que o povo lhe deu de presente e o Prefeito dos sonhos deste escriba, e que já enaltecemos em escritos várias vezes.

        A história de vida de cada um é relevante. E como dizia Coelho Neto, “…se uns vencem e alcançam o que almejam não é porque sejam predestinados, senão porque forçaram os obstáculos com arrojo e tenacidade”, e de qualquer forma “é muito bom ser importante, mas é mais importante ser bom”, como dito pelo Pe. Antônio Vieira  (1608-1699).

      (Francisco Carlos Caldas, advogado,  municipalista e cidadão)

 

 

Deixe uma resposta

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: