Bufunfa ajuda meio ambiente, gera emprego, estimula agricultores

Jovilde Belin é mais que uma cliente da feira e da Bufunfa, é uma fã | Foto: Naor Coelho/Fatos do Iguaçu

Buscando incentivar as pessoas a separarem o lixo e ao mesmo tempo a participação na Feira da Agricultura familiar, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Urbanismo e Habitação lançou em março desse ano o Programa Vale Feira, que tem a Bufunfa.

O que é a Bufunfa

Até outubro 541 famílias aderiram ao Vale compra, a Bufunfa. Para aderir ao programa a pessoa precisa estar com o IPTU em dia e realizar a separação correta do lixo, colocando o orgânico em uma sacola, o reciclável em outra e o rejeito separado dos outros dois, assim participando da Coleta Seletiva Municipal.

Quem faz essas duas ações é só ir à Feira da Agricultura Familiar que acontece todo sábado, levar o número da matricula do seu IPTU, seu RG e CPF e se cadastrar no programa Vale Feira, que receberá a taxa do lixo, cobrada junto com o IPTU de volta via Bufunfas, que são vales no valor de R$ 6,12 mensais, ou seja, o valor total da taxa paga é dividida em doze vales ao longo do ano, a quantia de Bufunfas vai variar de acordo com o valor da taxa de lixo paga por cada proprietário de imóvel.  

 A Bufunfa só  pode ser usada na compra dos produtos na Feira da Agricultura Familiar, ou na feirinha, como carinhosamente os clientes a chamam,  e lá também é feita a entrega das Bufunfas.

Resultados da Bufunfa

A Bufunfa é geração de emprego e renda, pois com a separação dos resíduos mais de 20 pessoas estão empregadas na Unidade de Tratamento de Resíduos, o vale feira ampliou o volume de vendas na Feira da Agricultura Familiar.

Quem mais tem usufruído da Bufunfa são os moradores dos bairros São Cristóvão e Lindouro.

Segundo Claudemir Gulak, diretor de Meio Ambiente, já foram entregues 4.010 Bufunfas, o  que promoveu  em seis meses o giro em torno de R$ 24. 541,00 na feira.

Outro ponto importante do Programa é que a separação de lixo aumentou, o diretor de Meio Ambiente repassou que, antes, com um caminhão se conseguia fazer todo um bairro como o São Cristovão, hoje já precisa de três.

Esse aumento da separação de lixo levou à geração de 20 empregos com registro em carteira de trabalho.  

MAIS QUE CLIENTE

Jovilde Belin é mais que uma cliente da feira e da Bufunfa, é uma fã, ou melhor, uma propagadora do Programa Vale Feira. Fatos do Iguaçu bateu um papo muito gostoso com ela sobre a feira e a Bufunfa.

Se ela gosta de ir à feira? A resposta veio rápida, “Eu amo ir à feira”
Sobre o que a feira tem de bom ela, é direta, “Lá tem verdura fresquinha, de qualidade, orgânica e têm delícias, como pão caseiro, bolinhos, doces, bolos e tudo bem caseirinho, de gostinho bom” conta Jovilde animada.

Ela foi bem enfática, “No sábado a primeira coisa é a feirinha, depois o restante”, e completou “Além de termos um alimento de qualidade, estamos estimulando os agricultores porque sem eles não somos nada”.

VARIEDADES

Jovilde ressalta que ir na feira é ter na mãos uma variedade seja de verduras, legumes, pães, geléias, “Tem queijos e derivados do leite, tudo gostoso e sabemos que é tudo limpinho, feito com capricho, pode-se comprar tranqüilo, se vê já pelo jeito que estão embalados” destacou.

“Serno sábado é muito bom, pois a gente no sábado está sempre esperando umavisitinha e ai tem guloseimas e produtos frescos para oferecer à visita”, lembrouJovilde.

CADASTREI E AMEI

“A Bufunfa foi uma ideia ótima”, disse de cara Jovilde sobre o vale feira e completou, “Veja, é o nosso dinheiro voltando, é um retorno muito bom, pois leva as pessoas a reciclarem o lixo o que é muito importante, ajuda os feirantes, o que é essencial e gerou  emprego para  outras pessoas, é tudo de bom”.

Para ela, a feira e a Bufunfa unem dinheiro, amizade, respeito aos agricultores e um grande estímulo à separação do lixo. “Ir a feira é uma delicia, a gente além de trazer coisa boa para casa, dá risada, conversa, encontra os amigos, eu vou cedinho, mas às vezes nem percebo e fico lá duas horas, e com a Bufunfa a gente se sente estimulada a separar o lixo e promove os nossos agricultores, na verdade a Bufunfa uniu tudo”, declarou entusiasmada Jovilde.

GAROTA PROPAGANDA

Ela contou que é fã e que sempre está divulgando e quando as pessoas acham complicado irem se cadastrar, ela vai e cadastra as pessoas, “As pessoas dizem, mais não sei como fazer o cadastro e eu pergunto, você separa o lixo? se diz sim, já digo me dá teu CPF, número do IPTU que eu vou lá cadastrar você e ai aviso, pode ir na feira pegar tuas Bufunfas, já fiz para vários conhecidos, assim o que é bom temos que espalhar, quando não separam o lixo faço a campanha para separar e usufruir do programa”.

Jovilde terminou a prosa com um agradecimento “Eu agradeço à administração por ter criado a Bufunfa, foi muito bom”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 5 =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: