Viva, a Copa é nossa.

A Copa do Mundo começou, a mídia investiu pesado em propagandas que visam mexer com o coração do brasileiro e com o bolso também. O comércio procura entrar no clima da Copa, mas na verdade, a Copa não resolve a crise econômica que assola nosso país. Parece que até o comércio está comedido em relação a Copa, são poucas lojas enfeitadas em clima da Copa do Mundo.

Na verdade a Copa do Mundo não melhora a vida real, não resolve o problema da crise de caráter, dos ditos representantes do povo. Gosto de futebol, torço pela seleção sim, mas seria muito melhor, ver o Brasil campeão em Educação nota 10, saúde pública de qualidade, em gestão excelente, em segurança pública e outros mais. Esses títulos certamente, tem muito mais valor do que a levantar a Taça da Copa.

Infelizmente hoje, o Brasil é campeão da corrupção, dos altos impostos, da lentidão em processar os corruptos. O Brasil é campeão da má gestão de recursos, e outros mais.

Voltando a falar da Copa, o técnico da seleção, juntamente com sua equipe fez uma seleta equipe. Depois de muitas análises, pesquisas, desempenho, capacidade, formou-se o grupo dos 23 jogadores, para disputar a Copa do Mundo (sempre há divergências entre os torcedores devido a nomes que foram e que não foram convocados). Eu gostaria de pensar em uma outra seleção que será convocada daqui alguns meses, os governantes e representantes de nosso país e estado (são bem mais que 23, na verdade tem que diminuir, é muita gente).

Em Outubro, somos os “técnicos”, e temos a oportunidade de convocar a “seleção brasileira”. Devemos, até lá, estar atentos aqueles que estão fazendo de tudo para chamar a atenção, inclusive aqueles que enviam propagandas enganosas pelo correio. Agora é a hora de pesquisarmos seu desempenho, comportamento, vida familiar (quem não administra seu lar corretamente não tem condições de representar o povo), suas atuações, caráter, se está envolvido em algum esquema corrupto, se está presente nos “treinos” ou é faltoso, enfim a lista é enorme.

Devemos escolher bem para que nosso país, nosso estado, nossa região, seja campeã de fato. Esta seleção sim, interfere no dia a dia do povo, se eles jogam bem, são corretos, focados em campo, tem orgulho de serem brasileiros, então, a economia vai bem, a educação vai bem, a segurança pública vai bem, os brasileiros vão bem, há confiança, esperança. Conforme a Bíblia diz “quando os justos governam o povo se alegra”, do contrário o povo padece.

Na Copa do Mundo da Rússia, creio que a seleção tem chances de ser campeã, e na “Copa de Outubro”, a minha esperança é sim, que seja formada uma seleção que não envergonhe o país, mas que seja excelente, que lute a até o fim pelo bem do povo. Que a seleção que começa a jogar em Janeiro de 2018 traga muita alegria para o povo brasileiro. Que Deus abençoe a nossa nação.

Rev Sandro – pastor da Igreja Presbiteriana do Pinhão


Participe, você é nosso convidado para estar conosco aos domingos as 19:30.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − 5 =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: