Primeiro as visitas

A minha infância foi marcada por este título acima, e creio que a infância de muitos. Olhando para trás percebo que essa frase significava respeito e hospitalidade. Quando papai ou mamãe falavam “primeiro as visitas”, simplesmente obedecia, não questionava, apenas esperava (meio triste as vezes achando que a visita iria comer tudo).

Depois que as visitas lanchavam, então as crianças eram chamadas a mesa. Hoje em dia, nos deparamos com muitas crianças mal-educadas, que ao invés de respeitarem seus pais e os outros, eles “mandam” na casa. Ao invés de os pais governarem o lar, muitas vezes os filhos governam, desrespeitando pai e mãe e é claro, desrespeitando “as visitas”, professores, e outros mais. as Escrituras Sagradas nos trazem um versículo interessante a esse respeito, “criança entregue a si mesma envergonha a sua mãe” (Provérbios 29.15).

A criança entregue a si mesma, que não ouve não, que não tem limites, dá problema e será um problema. O maior desafio em tudo isso fica para os pais, termos o discernimento, reconhecermos o que precisa ser melhorado na educação de nossos filhos. O que não podemos fazer é ignorar o desafio de ensinarmos os nossos filhos a serem respeitosos, a aprenderem a esperar a sua vez, a entenderem que é preciso lidar com o não, assim como é preciso lidar com o sim.

O que não podemos de forma alguma é formar uma geração de crianças mimadas, que não suportam ouvir não ou qualquer serem admoestadas. Lembremos que o “Primeiro as visitas”, nos ensinou a respeitar os pais e os demais, nos ensinou a esperar, a obedecer e certamente não cresci sendo uma pessoa em crise de identidade por causa disso.

Termino com outro versículo bíblico que diz “ensina a criança no caminho que se deve andar, e quando for grande não se desviará dele” (Provérbios 22.6). Esse é o desafio para todos nós que somos pais e que um dia fomos ensinados, “Primeiro as visitas”.

Rev Sandropastor da Igreja Presbiteriana do Pinhão fone 999813992

Receba nossas atualizações

Inscreva-se e logo estará recebendo nossas atualizações

O seu email está 100% seguro. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × quatro =

%d blogueiros gostam disto: