NOSSA SENHORA APARECIDA: Reserva do Iguaçu recebe a imagem peregrina

Preparação para a Festa da Vida no dia 12 de outubro no Santuário do Passo da Reserva

Reserva do Iguaçu se prepara para receber dia 2 de outubro, a imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida. Ela veio de Aparecida, São Paulo e está visitando os municípios.

A imagem chega de Foz do Jordão e será acolhida às 8 horas da manhã. E a Santa Missa está marcada para dois horários, às 9 e às 15 horas. “O convite se estende para toda a comunidade. Será um momento especial”, frisa o padre Elizeu Nahm, da Paróquia Nossa Senhora de Belém.

Na segunda-feira, dia 3, às 8 horas da manhã, procissão com a imagem para o Santuário Nossa Senhora Aparecida, no Passo da Reserva. Serão rezadas duas missas, às 10h30 e às 15 horas. Às 17 horas, a imagem sai em direção à Paróquia de Pinhão.

Segundo o padre, a visita da imagem é uma preparação para a Festa da Vida, no dia 12 de outubro.

HISTÓRIA DO ENCONTRO DA IMAGEM

O encontro da imagem ocorreu em 1717, época das Capitanias Hereditárias. O governante das capitanias de São Paulo e Minas de Ouro estava de passagem pelo Vale do Paraíba, mais precisamente por Guaratinguetá. Animados com a visita, o povo daquela localidade resolveu fazer uma festa de boas-vindas e para isso chamaram três pescadores, Domingos Garcia, João Alves e Filipe Pedroso para lançar as redes no rio e pescar bons peixes.

O fato era que, naquela época, meados de outubro, não era tempo de peixes. Porém, como não podiam contradizer o pedido, rezaram pela proteção e bênção da Virgem Maria e de Deus para que pudessem voltar à terra firme com fartura. Depois de inúmeras tentativas sem sucesso, eis que surpreendentemente eles pescaram o corpo de uma imagem. Curiosos, lançaram novamente as redes e “pescaram” uma cabeça que se encaixou perfeitamente ao corpo. Depois deste encontro, que nos dias de hoje é representado em todo o Brasil no dia 12 de outubro emocionando os fiéis, o barco se encheu tanto de peixes que ele quase virou.

A partir daí, a devoção da Santa foi se espalhando. Primeiro nas casas, depois se construiu uma capela, depois uma basílica, até chegar ao quarto maior santuário do mundo, o Santuário Nacional de Aparecida localizado na cidade de Aparecida, interior do Estado de São Paulo.

Receba nossas atualizações

Inscreva-se e logo estará recebendo nossas atualizações

O seu email está 100% seguro. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três − 2 =

%d blogueiros gostam disto: