Reposição salarial é a proposta do prefeito

Na manhã da quarta-feira, 11 de janeiro, o prefeito Odir Antônio Gotardo (PT), se reuniu com a comissão que representa os funcionários municipais de Pinhão que está encarregada das negociações salariais. O Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Pinhão (Sifumpi), na última assembleia, que ocorreu em dezembro de 2016, aprovou a proposta da reposição da inflação e mais um aumento real de dois por cento.

Odir conversou com a comissão e explicou que ainda não conseguiu levantar a real situação econômica do Município e que a folha de pagamento que pode absorver no máximo 51% do orçamento, está com o índice de 56% e diante desse quadro propõem o repasse das perdas, ou seja, apenas a reposição salarial, sem o aumento real, mas com previsão para dar esse aumento no segundo semestre. “Nós ponderamos com os servidores que nós ainda não levantamos a condição financeira precisa do município e por conta disso, nós oferecemos a reposição salarial agora em janeiro. Estabelecemos em um papo muito franco, constituir uma comissão que possa acompanhar e monitorar a situação econômica do município para que no segundo semestre a gente possa reabrir esse diálogo, retomando a discussão. Estamos muito tranquilos em relação aos servidores porque as pessoas que controlam as questões de finanças da Prefeitura e as que acompanham o departamento de pessoal também são servidores, por várias vezes eles têm acesso às informações, inclusive antes de nós, então não vamos discutir em relação a dados e a números, essa comissão terá liberdade para levantar dados e buscar informações. E em sendo favorável à situação financeira, e que possamos trabalhar dentro do limite legal da folha, ofertaremos algum ganho real, que da nossa parte seria motivo de muita satisfação e alegria” disse Odir à reportagem do Fatos do Iguaçu.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − 6 =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: