Prefeito Odir vai pavimentar ruas e trocar iluminação urbana

Prefeito Odir Gotardo,(PT), | Foto: Nara Coelho

Por Nara Coelho

O prefeito Odir Gotardo, PT , decidiu  buscar  solução para a demanda que a população lhe trazia sobre calçamento nas ruas dos bairros e da iluminação da cidade que precisava ser melhorada, e para isso, enviou à Câmara de Vereadores um projeto solicitando autorização para realizar um empréstimo na Caixa Econômica no valor de quatro milhões de reais.

O LEGISLATIVO

Após um embate entre os vereadores, já que no dia 29 de julho o projeto foi retirado de pauta pela Mesa Diretora com alegação que o projeto não tinha os pareceres das comissões.

Como na segunda-feira, 19, a comissão ainda não tinha se posicionado e o prazo legal já havia sido extrapolado, os vereadores Alessandro Caldas Camargo e Alain Cesar Martins do PRP, Letícia Martins, PSD e Israel de Oliveira Santos, Luiz Hamilton Kitcky e Lindomar do Nascimento do PT e Samoel Ribeiro, PSB, compreendendo que o empréstimo beneficiaria diretamente a população, entraram com o pedido de votação em regime de urgência na última sessão. Após muitos posicionamentos contrários dos demais vereadores, que gerou várias discussões, o regime de urgência foi aprovado e o pedido de empréstimo também, em única votação, como define o regimento interno do legislativo quando a votação é em regime de urgência.

A reportagem do Fatos do Iguaçu foi conversar com o prefeito Odir sobre o empréstimo e a destinação dos valores.

Fatos do Iguaçu: Prefeito Odir, para quê o senhor solicitou ao legislativo autorização para a realização de um empréstimo de 4 milhões de reais?

Prefeito Odir: A nossa proposta é investir esse valor na infraestrutura urbana, que é bastante deficiente. Nós identificamos dois pontos que consideramos ser mais necessários, um deles é a substituição das atuais lâmpadas da iluminação urbana por lâmpadas de led.

Outra parte do valor será usada em pavimentação, vamos priorizar as ruas que não tem nenhum tipo de pavimentação, ou seja, que são de terra. Não vamos conseguir alcançar toda a cidade com o calçamento e assim vamos destinar uma parte para o calçamento e uma parte será um outro sistema de pavimentação que vai garantir um bom sistema de escoamento de água, de ajustamento do leito da rua, fazer meio fio e com essa pavimentação queremos atingir todas as ruas do perímetro urbano e aqui estamos incluindo Nova Divineia e Santa Maria.

F I: Por que é importante realizar essa troca das lâmpadas?

Odir: porque além de melhorar a capacidade da iluminação, elas promovem um consumo muito menor de energia, é quase cinquenta por cento a menos, além disso, a durabilidade delas é muito maior, assim o custo de manutenção é muito menor, isso vai promover a curto espaço de tempo uma economia e o retorno do investimento. Vai promover mais segurança e beleza à cidade.

FI: Por que o empréstimo, não há dinheiro em caixa?

Odir: Precisamos realizar o empréstimo porque o crescimento do  orçamento foi menor que o esperado, porque tivemos que pagar dívidas judiciais deixadas pela administração anterior, que é em torno de três milhões e meio e  mais de trezentos mil reais de conta de água e telefone que estava atrasado. Esse empréstimo na realidade recompõe o que o município perdeu pagando essas dívidas.  Herdamos dívidas de empréstimos que foram feitos para investimento, o que mostra que realizar empréstimo não é privilégio da nossa administração. 

FI:  O seu pedido provocou um embate entre os vereadores, como o senhor viu essa dificuldade para aprovação do pedido?

Odir: Acompanhei o que aconteceu na Câmara diante da nossa solicitação, até porque ela era importante para o município, com o diálogo conseguimos mostrar à maioria dos vereadores que a proposta era boa para a cidade e que ela não tinha pontos negativos, já que é para investimentos que ficarão para a população. É claro que com alguns não conseguimos estabelecer uma relação de diálogo, o que é normal, natural, cada vereador tem um entendimento do que ele deva fazer lá e a gente respeita esses posicionamentos. Nós ficamos muito satisfeitos com os vereadores que compreenderam a importância do projeto e certamente eles acompanharão a execução, vão poder até sugerir sobre as melhorias que serão realizadas. Aqui fica evidenciado que quando a união é pelo interesse público, todos ganham, a administração porque consegue atender uma demanda importante como essa,  a população porque tem uma melhoria na sua condição de vida e ganham os vereadores que apoiaram essa ideia porque eles vão perceber o quanto são positivas as ações quando se coloca  acima de tudo o interesse público da comunidade e vão poder dialogar com a comunidade e dizer que fizeram parte da decisão.

 

Deixe uma resposta

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: