Justiça manda soltar o ex-presidente Michel Temer, preso em operação da Lava Jato

Redação Fatos do Iguaçu com Sites

O desembargador do Tribunal Regional da 2ª Região, Antonio Ivan Athié, revogou nesta tarde de segunda-feira (25), a prisão preventiva do ex-presidente Michel Temer, do ex-ministro Moreira Franco e de mais seis investigados na Operação Descontaminação, e que estavam detidos desde quinta-feira (21) por decisão do juiz Marcelo Bretas, no âmbito da Operação Lava Jato.

O ex-presidente Michel Temer e o ex-ministro Moreira Franco, junto com os demais presos, teriam movimentado irregularmente, R$ 1,8 bilhão, envolvendo vários órgãos públicos e empresas estatais, segundo o Ministério Público Federal (MPF). A organização atuava há 40 anos, tendo entre os envolvidos, Temer e o amigo dele João Baptista Lima Filho, conhecido como coronel Lima, conforme os procuradores.

A defesa do ex-presidente pediu, ainda na tarde de quinta (21), seu habeas corpus ao Tribunal Regional Federal da 2a Região (TRF-2). 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 3 =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: