Desobedeceu e acabou indo para o xilindró

Gisele de Pádua – repórter do Fatos do Iguaçu

Nas primeiras horas de domingo, 13 de agosto, o policial civil C. C. C. da S. informou a equipe de plantão da Policia Militar de Pinhão que havia um homem com sintomas de embriaguês na Avenida Trifon Hanycz, deitado na calçada e ao lado uma motocicleta ligada, próximo ao tráfego de veículos e pessoas suspeitas nas imediações.

A equipe se dirigiu até o local onde se encontravam as pessoas F.G. R, C.E. M, C.P.O, e V.H.S, que tirou a chave da ignição da motocicleta e entregaria chaves aos policias por medidas de precauções.

J.J.S.C., embriagado se identificou como proprietário da motocicleta e que iria resgatá-la. Diante dos fatos, este recebeu voz de prisão solicitando que apresentasse sua documentação e também do veículo. Ele se negou, sendo dada novamente voz de prisão por desobediência, ele resistiu e os policias tiveram que utilizar de técnicas de imobilização e algemas.  Momento em que e J.J.S.C., esfolou a cabeça no solo causando escoriações no supercílio, sendo encaminhado ao Hospital Santa Cruz e depois para o Pelotão.

Em consulta ao sistema SESP/Intranet, foi constatado que o veiculo pertence e a J.J.S C porém, com dívidas de licenciamento e sua CNH está vencida desde 15/02/2014. A motocicleta foi recolhida e o proprietário recebeu mais uma voz de prisão e recusou-se a assinar o termo circunstanciado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − 7 =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: