crianças em casa

___________________________

O verão e as férias escolares chegaram, o que significa mais tempo livre para crianças e adolescentes. Só que, em tempos de pandemia, nem as férias podem ser aproveitadas plenamente. E para complicar, iniciamos a segunda onda da Covid.

Resta ficar em casa: com os anjinhos, um calor de lascar e a torcida para a vacina chegar ontem!!!

“Temos de rever as atividades de tempos de normalidade, como viagens e passeios com familiares. Mas há muito que os pais podem aproveitar de ideias diferentes com as crianças em casa”, afirma a dra. Sonia Palma, associada da Associação Paulista de Medicina

Segunda ela, para o bem da saúde mental e física de todos, é essencial que, mesmo em férias, os filhos mantenham a rotina de sono, alimentação e exercícios físicos.  

“A pandemia, lá atrás, até foi vista por algumas crianças e adolescentes como férias antecipadas. Podiam dormir a hora que quisessem, pois as aulas eram gravadas. Isso já causou dificuldades e desorganização do descanso e das regras”.

Dra. Sônia recomenda algumas atividades para crianças e adolescentes, como contar histórias aos menores, uma forma de trabalhar a criatividade.

Sessões de cinema, brincar de massinha, montar quebra-cabeça, pintar, cozinhar, cantar no karaokê e até fazer desfile de moda para as meninas são outras possibilidades.

Também é legal estimular o desapego com os adolescentes, buscando estímulos que os façam sair do celular, do videogame. Já um karaokê, vale a todos: criança e adolescente. Proporciona instantes de boas risadas, alegria, surpresas, além de desestressar.

“Se o calor estiver absurdo, eventualmente vá ao parque com seus filhos, ande de bicicleta, desde que as orientações de distanciamento, uso de máscara e todos os demais cuidados sejam levados à risca.

Será bom para diminuir o desconforto térmico. Excesso de calor, ela adverte, causa lesões de pele pela umidade aos pequenos. Podem coçar e ficar vermelhas. Por isso, é indispensável cuidados especiais, como a hidratação para repor os líquidos do suor.

Outra medida fundamental é priorizar uma dieta saudável com alimentos leves, frescos, cozidos e menos perecíveis; sempre evitando frituras e doces.

Classe médica se une pela manutenção dos prazos do Proconve

Manifesto em defesa da qualidade do ar, da saúde e da vida dos cidadãos é encaminhado à Presidência, da República, aos ministérios da Saúde e dos Meio Ambiente   Médicos de todo o País, das mais diversas áreas de atuação, além de cerca de 50 hospitais divulgaram hoje, 15 de dezembro de 2020, um manifesto em defesa da qualidade do ar, da saúde e da vida dos cidadãos. A carta é direcionada à Presidência da República, aos ministérios da Saúde e dos Meio Ambiente, devendo ser protocolada nas próximas horas. A Medicina e o setor hospitalar pleiteiam que o País adote resoluções mais modernas e eficazes para a redução da emissão de gases poluentes, em especial pela frota de ônibus e caminhões, nos prazos estabelecidos pelo Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores (PROCONVE).


Compartilhe

Veja mais