Capa e Editorial da Edição nº: 807

Friooooo e outras coisinhas

É inverno e o frio não devia ser uma surpresa, mas como as estações andam bem diferente de tempos atrás, o inverno  pode se disser estava bem quentinho, quase um clima de primavera. De repente veio uma semana gelada as temperaturas caíram para mais de menos três. A alegria é que foram dias frios, mas de muito sol radiante o que ajudou muito. O assunto da semana logo foi a queda das temperaturas e como somos despreparados para ele. Já em Santa Luzia localidade de Reserva do Iguaçu o assunto foi o frio e a Unidade de Saúde Básica inaugurada há uma semana. A comunidade ganhou uma unidade nova e toda equipada, O triste é saber que a mais de um ano a unidade estava pronta e a gestão publica anterior não havia entregado ao povo. Mais triste ainda é saber que a nova gestão por causa de dividas recebida só pode equipar a unidade após seis meses ter assumido o município. Esse descaso com o que é público  dói muito mais que o frio. O frio faz com que as pessoas fiquem mais juntinhas. As famílias se encontram mais, conversam mais, até porque as pessoas preferem ficar em volta do  fogão a lenha, tomando um bom chimarrão e proseando a sair de casa.  Quem resolveu também ficar juntinha são as associações dos bairros de Pinhão, que após muita conversa optaram por se unirem e formar uma só associação a Acomup, que essa idéia concretizada no inverno em primaveras e verões próximos dê muitas flores e frutos. O frio fez com que as pessoas tirassem os casacos do armário, até as luvas lá do  fundo da gaveta. Ele veio quase no  final do mês de julho ou seja, veio marcando o inicio do segundo semestre. Quem vem  nessa edição mostrando o que já foi realizado em seis meses de gestão é a  administração municipal. Página que com certeza será o tema das rodas de conversas da próxima semana, que por sinal será bem mais quente, voltando ao clima mais primaveril. Já pelo que se vê na página da administração, os tempo são outros, claro alguns poderão discordar o que é mais do que direito. O frio judiou de quem tinha que sair cedo para trabalhar, mas as crianças, jovens e professores deram um olé no frio, pois ele veio bem na semana de férias. Porem nessa edição temos a reportagem da escola N.S. da Glória, que transformou a festa junina num ato pedagógico, mostrando  que quando se quer se pode fazer muito, mesmo quando se tem pouco. O frio não se tem como domar, ele vem quando  quer, fica o tempo e na intensidade que desejar. Agora um cavalo pode ser domado pelo homem. Pode ser domado com destreza e muita racionalidade, ou seja, sem violência ou agressão ao animal, como mostra a reportagem sobre o  curso de doma que o sindicato ofertou aos seus associados. Nós do Fatos do Iguaçu, mesmo as vezes batendo o  queixo de frio, corremos a semana toda não para se esquentar, mas para levar até você leitor as noticias quentinhas, pra você ler em volta do fogão a lenha, ou no sofá da sala, e depois prosear sobre elas com os compadres e amigos e quiça ir no  site do Fatos www.jornalfatos.com.br.  Dar sua opinião e nos estimular a correr mais ainda atrás da noticia.

Faça seu comentário

WhatsApp chat
error: Alerta: O conteúdo está protegido !!
%d blogueiros gostam disto: