Imagem ilustrativa | Foto: reprodução

ALGO QUE PRESTE NO REINO DE AVILAN

Escrevinhado por Dartagnan da Silva Zanela

Recentemente vi uma publicação de um candidato a vereador que me chamou a atenção. Quem é o abençoado e em qual rincão o bichinho mora não vem ao caso. O que me interessa mesmo é a publicação que ele fez.

Estava desenhado no seu perfil, numa rede social, um quadro comparativo composto de duas colunas. Na primeira, o que seria a função de um Edil; na segunda, o que não é, de jeito maneira, dever de uma vereança.

Caramba! Um candidato ousando querer educar civicamente o eleitorado, em plena campanha eleitoral, é um trem que não se vê todo dia. Não mesmo.

Ao ver isso, lembrei-me de uma historieta que a muito me foi relatada por um velho amigo meu. Dizia ele que lá pelos anos oitenta teria conhecido um professor, um professor anarquista, que saiu candidato a vereador na cidade onde ele vivia. O professor era uma figura querida por muitos e, por isso, todos diziam que ele tinha grandes chances de receber uma votação bem expressiva.

Porém, quando alguém chegava pra ele e dizia “vou votar em você Beto”, ele interpelava o eleitor com um papo mais ou menos assim: “Espera aí meu amigo, você tem certeza que realmente quer votar em mim? Você conhece as propostas que eu defendo? Você é realmente favorável as mesmas ideias que eu advogo?” E após essas indagações seguia-se uma profícua troca de figurinhas.

Pois é. Depois de uma longa prosa muitos eleitores desistiam de votar nele, e o professor agradecia-os por isso, porque o seu objetivo, não era obter uma investidura vazia. Não. Ele queria criar ocasiões que propiciassem momentos de formação política para todos aqueles que estivessem dispostos a ouvi-lo. E foi isso que ele fez. Perdeu votos, mas libertou corações e mentes.

Ao ver a publicação desse rapaz, neófito na arena eleitoral, tive a impressão de que estava diante duma pessoa movida por uma índole similar. Vi nele uma pessoa que procura ver e viver a vida política para além das mesquinharias, que tomam conta dela, nessas pequenas repúblicas municipais que dão forma ao nosso triste país.

Se eu morasse na cidade onde esse abençoado está concorrendo a uma cadeira no legislativo municipal, talvez eu votasse nele. Não porque ele seria um candidato ideal, mas sim, por causa desse seu gesto valoroso que destoa desse ambiente onde há tantas pessoas que estão dispostas a pagar qualquer preço para ser uma “otoridade”.

Fim.

(16/10/2020)

Podcast – O ponto Z (também no spotify)

Comentário radiofônicos – Iguaçu FM

Conferências radiofônicas – Iguaçu FM

#   #   #

Essa iniciativa tem o apoio cultural de XerinhoBão – difusores, home spray, águas de lençóis & óleos essenciais DoTERRA.

#   #   #

Muito obrigado por ter lido nossa modesta escrevinhada até o fim e, se você achou o conteúdo da mesma interessante, peço, encarecidamente, que a recomende aos seus amigos e conhecidos, compartilhando-a. Desde já, te agradeço por isso.

http://professorzanela.k6.com.br

https://linktr.ee/dartagnanzanela

 dartagnanzanela@gmail.com

Faça seu comentário


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/jornalfatos/www/wp-includes/functions.php on line 4669

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/jornalfatos/www/wp-includes/functions.php on line 4669

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/jornalfatos/www/wp-content/plugins/really-simple-ssl/class-mixed-content-fixer.php on line 111