XÔ Inveja

Como saber se você é invejoso ou não? Se você se entristece pelas conquistas dos outros, fica angustiado em ver o próximo se dar bem na vida, então precisa reconhecer que é invejoso. Tem pessoas que não conseguem se contentar em ver o outro bem.

Se o vizinho adquire um carro novo, coloca defeito no carro; se reforma a casa, discorda achando que não precisava; se vai viajar, questiona se não está gastando demais. Poderia ficar aqui dando vários exemplos de como a inveja se manifesta no dia a dia. vivemos num contexto tão egocêntrico que muitos desmerecem a conquista, a felicidade do outro.

É interessante observar que muitos, quando o próximo entra em crise, lançam um comentário maldito do tipo “uma hora ou outra isso ia acontecer”, ou, “sabia que era só fachada”. Ao mesmo tempo que existem aqueles estendem a mão para ajudar ao caído, infelizmente, existem aqueles que se sentem “melhor”, quando o outro não está bem.

A inveja é destrutiva, é um mal que não prejudica o outro, e sim aquele que alimenta tal sentimento. Via de regra gente invejosa não consegue ser feliz de verdade, vive apenas de aparência, torcendo pela infelicidade do próximo. É extremamente transformador quando você se alegra com a alegria do outro, com a conquista do outro, faz bem a você, e aqueles que estão próximos.

O nosso Mundo carece de mais pessoas que considerem, afirmem, elogiem, se alegrem com as conquistas do outro. Fazer isso, te leva a se alegrar mais com você mesmo e com as suas conquistas, sejam elas pequenas ou grandes. Parabenize o trabalho de seu colega, se alegre com aquele que passou no vestibular, elogie a casa nova de seu vizinho.

Enfim, se alegre pela felicidade do outro. Parafraseando o que diz a Escritura Sagrada “se alegre com os que se alegram, e chore com os que choram”.

Outro texto bíblico mostra que a inveja faz mal a saúde, “O coração em paz dá vida ao corpo,mas a inveja apodrece os ossos” (Provérbios 14.30). Que Deus nos livre de um coração invejoso.

Rev Sandro – pastor da Igreja Presbiteriana do Pinhão

Uma igreja relevante, transformadora e discipuladora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 − 7 =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: