Violência Doméstica: Mulher sofre diversas agressões e marido joga gasolina em seu corpo com a intenção de atear fogo

Imagem ilustrativa/reprodução

Redação Fatos do Iguaçu com informação do  4ºPPM/Pho

Entrou em contato nesta sexta-feira,(14), com o 4º Pelotão da Policia Militar de Pinhão a senhora A.S.F. informando que ao voltar do trabalho seu esposo J.L.N.  agrediu-a com um soco no olho gerando hematoma. Ao tentar sair correndo para evitar nova agressão seu esposo pegou uma garrafa pet com gasolina e jogou em seu corpo e dizendo que iria atear fogo só não realizou o ato segundo ela  por não encontrar  um meio propelente de fogo no momento. Tentou fugir, mas não conseguiu, sendo agredida novamente com socos no abdômen, na cabeça e chutes na cabeça.

Segundo a vítima, ela conseguiu se desvencilhar das agressões e correu, momento em que o autor se apossou de seu carro e tentou atropelá-la, não conseguindo porque ela entrou na garagem do vizinho e o pneu do carro furou.

A Policia Militar ao chegar no local viu  ele correndo atrás da vítima, fizeram abordagem e foi dada voz de prisão, mas resistiu e foi necessário o uso de algemas. Enquanto a vítima procurava seu documento teve um sangramento, sendo imediatamente encaminhada para o hospital local para atendimento médico. Foi localizada a garrafa utilizada para jogar gasolina na vítima, sendo percebível o odor do comburente no corpo dela.

Segundo a vítima há muito tempo vem sofrendo agressões, mas não tinha coragem de denunciar, tendo ainda hoje hematomas de lesões anteriores nas pernas, as quais foram constatadas pela médica de plantão. A vítima relatou que o rapaz  ameaçou-a do seguinte modo, “se você chamar a polícia e eu for preso, assim que eu sair de lá vou te matar com um tiro”. Ele apresentava apenas odor etílico. Foram conduzidos  a delegacia de Polícia Civil de Pinhão para realização dos procedimentos cabíveis.

Deixe uma resposta

error: Alerta: O conteúdo está protegido !!
WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: