Reserva do Iguaçu: Neguito pede que a Câmara abra CPI para investigar transferências bancárias

Vereador  
Edison de Oliveira Soares, o Neguito | Foto: Nara Coelho/Fatos do Iguaçu

Após relatos do prefeito Sebastião Campos (MDB), sobre a difícil situação do município durante a sessão do dia 10 de setembro, prestando contas aos vereadores e reservenses de seus 20 meses de governo, apresentando documentos que comprovam diversas irregularidades, entre eles, comprovantes de transferências bancárias para o atual vereador Emerson Semchechen (SD), sem a devida comprovação de crédito na gestão do ex-prefeito Emerson Julio Ribeiro (PSDB), o vereador Edison de Oliveira Soares, o Neguito (MDB), pediu em seu pronunciamento na Tribuna, a abertura imediata de uma CPI – Comissão Parlamentar de Inquérito, com cassação imediata do vereador e a devolução do dinheiro aos cofres públicos.
Emerson Semchechen foi diretor de obras na gestão do então prefeito Emerson.

 Confira o que disseram os dois vereadores na sessão do legislativo reservense na segunda-feira, 10 de setembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × dois =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: