Reserva do Iguaçu está com a contabilidade em dia após um longo trabalho de equipe

Presidente do Fundo de Previdência Marilda Silva, prefeito Sebastião Campos, secretário de Finanças Leonildo Peretto e o vereador  Antonio Ventura Mendes | Foto: Naor Coelho/Fatos do Iguaçu

Por Nara Coelho

Quem está a frente da secretaria municipal de Finanças, é o senhor Leonildo Peretto, que tem uma vasta experiência no serviços público,  já atuou em várias áreas na administração pública, é com essa experiência que hoje lidera a equipe de contabilidade, finanças e tributação, da prefeitura de Reserva do Iguaçu. Secretaria que é o coração de uma gestão, pois é ela que fornece a sustentabilidade as demais secretarias tanto em relação aos recursos financeiros, como documental. 

COMPREENDENDO A SITUAÇÃO

É preciso registrar que a atual gestão do prefeito Sebastião Campos, MDB, recebeu o município, sem nenhum risco de se estar exagerando numa situação caótica, inimaginável em todos os setores, entre eles o da secretaria de Finanças.

A gestão anterior, do ex-prefeito Emerson Julio Ribeiro, entregou a administração com a contabilidade fechada somente até junho de 2015, o sistema contábil, não foi alimentado com dados, não houve prestação de contas ao Tribunal de Contas do Paraná, e ainda realizou desvios de verbas e destruiu o sistema de informação da contabilidade. A situação era tão absurda, caótica que quando eles foram em busca de auxílio no Tribunal de Contas nem esse sobe orientar como reorganizar a prefeitura.

Sybele de Almeida atual contadora responsável do município, que nessa entrevista tinha a fisionomia tranquilidade e a alegria estampada no rosto, contou que somente em novembro de 2017 é que foram fechadas as contas de 2016 e somente em dezembro é que eles puderam começar a trabalhar na contabilidade de 2017 que era da atual gestão, “Nós além de ter que dar conta do trabalho do dia a dia que já é grande tivemos que ir colocando o que estava atrasado em dia, pois  estávamos trabalhando com um ano de atraso, era preciso recuperar esse tempo ficamos sem negativas, algumas conseguimos via processos. Fora que esses atrasos geram multas mensais ao prefeito que hoje giram em torno de 4.000 reais”.

FINANÇA UM GRANDE DESAFIO

Leonildo ao assumir a secretaria de Finanças tinha a frente o desafio de junto com a equipe da contabilidade resolver todos os problemas deixados pela admiração anterior, garantir as certidões negativas e isso significava estar em dia com a contabilidade da gestão atual. “Quando assumi a secretaria das finanças em janeiro, os trabalhos da contabilidade do Fundo de Previdência estavam em fevereiro de 2018, hoje graças a uma estruturação na organização da equipe e a dedicação dessa e aqui destacamos o trabalho da Patrícia  Strapazzon na contabilidade do Fundo está em dia” Destacou o secretário.

Leonildo explicou que ao assumir a secretaria propôs a equipe e essa aceitou uma reorganização, onde cada um assumiria uma tarefa, “Cada um se dedicaria aquela tarefa, por exemplo a Rubia ficou responsável pela prestação de contas dos convênios e todos estão rigorosamente em dia e a medida que cada um ia equilibrando o seu setor ia assessorando os demais”.

RECONHECIMENTO

O secretário fez questão de reconhecer o trabalho que a ex-secretária de Finanças Deizi Hoffmeister de Campos, fez enquanto esteve a frente da secretaria “Agradeço o convite da Deizi e Sebastião para que eu viesse para a secretaria e pela confiança em mim depositada e quero reconhecer que os dois primeiros anos que a Deizi passou a frente da secretaria foram dois anos muito difíceis”

O secretário de Finanças Leonildo Peretto com parte de sua equipe da contabilidade. (Foto: Naor Coelho/Fatos do Iguaçu)

O trabalho realizado pela equipe que abraçou a causa e não mediu esforços para que o objetivo de colocar a contabilidade do município em dia fosse alcançado, “Para chegarmos no momento atual, exigiu de todos da equipe muita dedicação, esforços, muitas horas além das normais, trabalhos em fins de semana e inclusive a desistência de férias”.

Leonildo ainda destacou que esse foi um trabalho que envolveu muita gente e lembrou de profissionais que hoje não estão na contabilidade mas que atuaram para estarem com a situação em dia, “É preciso reconhecer que muita gente se empenhou além da equipe atual temos a participação da Graciele, do Alisson,  Fabiola,  dos estagiários Gabriel e Stefany e incluímos inclusive o departamento de compras que é nosso irmão e temos que costurar todos os dias juntos para irmos realizando um bom trabalho”

ENTREGA DO DOCUMENTO

Foi com muita satisfação, alegria e a sensação de dever cumprido que Leonildo passou as mãos do prefeito Sebastião Campos, MDB, na quarta-feira, 31 de julho, na presença da sua equipe, de alguns secretários e da presidente do Fundo de Previdência Marilda Silva, e do vereador Antonio Ventura Mendes,MDB, o documento que comprova que o município de Reserva do Iguaçu está em dia junto ao Tribunal de Contas, podendo agora o município requerer todas as certidões e buscar recursos nas esferas estaduais e federais para o município.

“Estamos com tudo em dia quem quiser pesquisar hoje no Tribunal de Contas do Estado Paraná sobre Reserva do Iguaçu vai encontrar um município em dia com seus dados e recursos, vai ver que as exigências  estão todas “verdinhas”, foi muito esforço e dedicação de toda a equipe, mas conseguimos colocar em dias os dois anos que ficaram em aberto da administração anterior e a nossa, é um momento de muita alegria”.

UM PRESENTE VALIOSÍSSIMO

O prefeito Sebastião expôs que estar com a contabilidade em dia deveria ser uma coisa simples é a obrigação mínima de uma gestão pública mas infelizmente, não foi essa a realidade de Reserva do Iguaçu, na gestão anterior “Quando assumimos a contabilidade da prefeitura estava em Junho de 2015. Foi um longo calvário que só foi possível superar graças ao comprometimento da equipe técnica da gestão, se não fosse a dedicação deles, esse importante documento não estaria me sendo agora entregue é incalculável o que o município perdeu e deixou de receber nesses anos todos por falta dessas negativas.

“Com certeza Leonildo temos que comemorar pois hoje abre se muitas portas para o município, temos ainda muitas dívidas, quase 15 milhões que herdamos, fora os desvios que passa de 5 milhões, mas esse documento significa que Reserva do Iguaçu, está dando a volta por cima”.

AÇÕES

A próxima ação, do secretário será reestruturar o setor de finanças, reorganizar a tributação, “O setor de finanças está ainda da mesma forma que eu e o Sebastião o organizamos na primeira gestão dele”.

Ele contou que a arrecadação do município está em torno de R$2 milhões e 300 mil, porém só com acordo extrajudiciais e de parcelamento de dívidas, tudo  herdado da gestão anterior, há uma despesas de R$500mil mensal, porém eles estão conseguindo levar em dia os pagamentos dos fornecedores com uma ou outra pendência, que  já tem um recurso para terminar a  supercreche, uma boa reserva para o décimo terceiro.

Leonildo irá em busca de formas de aumentar arrecadação do município, “Primeiro colocamos a casa em ordem agora vamos buscar dar uma nova cara ao setor e vamos em busca de formas para melhorar a arrecadação do município”

Deixe uma resposta

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: