Reserva do Iguaçu: 20ª Tropeada da Amizade começa na quinta-feira,(13)

Por Nara Coelho

No primeiro ano de emancipação politica do municipio de Reserva do Iguaçu, o ex-prefeito Edson Campos, que sempre buscou preservar os costumes e cultura local  para manter viva a cultura do tropeirismo, realizou a 1ª Tropeada da Amizade, esse ano a 20ª Tropeada vai acontecer de 13 a 15 de fevereiro, sem o seu idealizador, pois o ex-prefeito faleceu em 2019. 

PARTICIPAÇÃO

A Tropeada da Amizade, evento organizado desde seu primeiro ano pelos tropeiros e tradicionalistas locais em parceria com a prefeitura, reúne tropeiros de toda a região, nas suas dezenove edições sempre teve a participação de no mínimo dez municípios, mais de cento e vinte tropeiros realizando o percurso. A tropeada reúne famílias e gerações, pois é comum ter cavalgando avós de sessenta, setenta anos juntos com seus pequenos netinhos de três, cinco anos, que se tirados de cima dos cavalos choram.

PERCURSO

Esse ano os organizadores inverteram o sentido do percurso, a Tropeada virá do interior para a sede do municipio, dentro desse percurso serão envolvidas as comunidades de Santa Luzia, Fátima e São Sebastião.

PROGRAMAÇÃO

Quinta-feira, 13, a recepção aos Tropeiros será em Santa Luzia com um delicioso jantar.

Sexta-feira, 14, os tropeiros saem por volta das 9 horas de Santa Luzia e vão até a comunidade de Nossa Senhora de Fátima, onde será saboreado um almoço campeiro. Após o almoço todos irão para São Sebastião, onde acontece o baile com a Banda Hart Sul.

 Sábado, 15, saída de São Sebastião, às 8 horas, e a comitiva se dirige ao Santuário do Passo da Reserva, lá o padre Agenor Batista dará uma benção aos tropeiros e acontecerá o almoço.

DESFILE DOS TROPEIROS

Às 16 horas os tropeiros vão realizar um desfile, pelas ruas da sede do municipio, vão até o complexo esportivo em frente a prefeitura e lá vão participar de diversas brincadeiras como a prova do charque, dança do cepo e da cadeira, concurso de marcha, carreirada de cancha reta, futebol de saia x bombacha.

A tropeada se encerrada com um baile do Hart Sul e uma participação especial do gaiteiro Zé Moraes, no Parque dos Tropeiros.

Os organizadores lembraram que serão exigidos os exames de mormo, anemia e influenza equina. Avisam a todos que forem participar que é preciso que levem pratos e talheres.

CONVITE

Os organizadores e o prefeito Sebastião Campos convidam todos que gostam do Tropeirismo, valorizam a familia e a amizade para participar, “Para participar é só trazer o cavalo e vir se aconchegando”.

Deixe uma resposta

error: Alerta: O conteúdo está protegido !!
WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: