Na manhã da quinta-feira, 11 de novembro, na Mostra Pedagógica de 2021 do Colégio Estadual Professor Mario Evaldo Morski, no município de Pinhão/PR, aconteceu o lançamento do Mini Glossário Ilustrado de Botânica em Libras, que tem como autora a professora Mirian Francesconi, formada em Biologia.

Mini Glossário Ilustrado

É uma obra que faz um marco no ensino da Botânica tanto para os alunos surdos do Ensino Médio como da universidade, pois, a partir dele, ficará mais fácil para as pessoas surdas compreenderem a área da Botânica, pois eles receberão a informação, o conhecimento através de sinais que fazem sentido a eles, que respeita o jeito deles compreenderem o mundo que os cerca.

Uma obra construída a muitas mãos

A professora faz questão de dizer que ela só conseguiu realizar o Glossário porque contou com a participação de muitas mãos, entre elas, a professora de Língua Portuguesa e Inglesa, Eolete Gomes, que também atua como professora intérprete de Libras, a língua de Sinais, que juntas enfrentavam o desafio de ensinar botânica para os alunos surdos do Colégio Morski.

Mirian também contou com a colaboração da professora Mestra, Elenir Guerra,  da Unicentro, que é coautora do livro e de outros intérpretes, além de professores da universidade da área de Botânica.

Quem define os sinais são os surdos

Quem pode criar um novo sinal para a Língua de Libras é apenas a comunidade dos surdos, assim, para poder realizar a criação dos sinais que compõem a obra referentes aos termos científicos da Botânica, a professora Mirian contou com a participação dos seus alunos surdos na época, Edenise Prudente de Lara, Fernanda de Castro Assis, Lucas Everaldo Machado, Marlene  Cardoso de Lima, Menara da Silva do Amaral e o professor Ricardo Lima, que é surdo.

Para compreender melhor toda a dinâmica da criação do Mini Glossário Ilustrado de Botânica em Libras, assista a entrevista que a TV Fatos realizou com as autoras da obra, intérprete e ex-alunos surdos que criaram os sinais em Libras.

Fazemos um agradecimento especial aos intérpretes de Libras, a professora Eolete Gomes e Tiago Correia, que fizeram a interpretação durante a entrevista.


Compartilhe

Veja mais