PRIMEIRA SESSÃO ORDINÁRIA:Câmara Mirim inicia segundo ano de legislatura

Dois assuntos foram destaques: a questão do lixo e do vandalismo em prédios públicos

Foi realizada, na noite de segunda-feira, 6 de junho, a primeira sessão ordinária da Câmara Mirim de Pinhão da segunda legislatura.

Entre os assuntos da pauta a eleição da Mesa Diretora, que ficou assim composta: presidente Tiago Prestes de Oliveira (Colégio Santo Antônio), vice-presidente Youssef Ghane Reda (Escola Expressão), 1ª secretária Maria Cordeiro do Nascimento (Colégio Procópio), 2º secretário Bruno da Silva Ribeiro (Colégio Morski) e a tesoureira Ariana Aparecida da Silva de Auda (Colégio Procópio).

Dois assuntos foram destaques nesta primeira sessão, a questão do lixo e do vandalismo em prédios públicos municipais. O vereador Alexandre Luiz Francesconi Gotardo usou a tribuna sugerindo que o secretário de Obras e Serviços Urbanos, Mário Celso d’Oliveira, estivesse na próxima sessão.

“Nos sentimos na responsabilidade de ajudar a comunidade, temos observado que os varredores de rua não catam os materiais recicláveis e que acabam obstruindo a passagem de água nas galerias. Precisamos de outros trabalhadores para juntos executar o serviço, adaptar os carrinhos com um sistema de duplo espaço, onde o lixo recolhido já seja separado e aumentar o número de lixeiras públicas. O lixão, apesar da multa que o município está sujeito a tomar, continua a céu aberto. E para esclarecimentos sobre o assunto, sugiro a presença do secretário de Obras”, destacou.

REQUERIMENTOS

A vereadora Gabrielly Fernanda dos Santos Bertão solicitou à Mesa Diretora que seja enviado um ofício para a secretária de Educação e Cultura para que sejam providenciados mais tambores para servir como depósito de lixo nas dependências internas da Escola Municipal Professora Ironi dos Santos Ferreira. Os que lá existem não são suficientes e os novos devem ser identificados com o material a ser depositado. Sugere, também, que seja reforçada a conscientização e a educação ambiental dos alunos, pais, professores e colaboradores para a separação de cada material.

A vereadora Raissa Cunha de Lima apresentou um requerimento solicitando que sejam tomadas providências por parte da Secretaria de Educação e Cultura para que seja restaurado o alambrado, a cerca de tela da Escola Municipal Nossa Senhora da Glória. É de longa data tal pedido, a tela está destruída e gerando insegurança para a comunidade escolar, pois se torna de fácil acesso a vândalos e para aqueles que costumam furtar objetos de terceiros.

Como é de praxe, a cada sessão é eleito um crítico, onde um dos vereadores analisa os trabalhos e assuntos abordados. O presidente solicitou que o vereador Alexandre Gotardo fosse o crítico daquela sessão, o qual concluiu: “Foi uma sessão produtiva, aprendemos um pouco mais sobre o município e seus problemas. O lixo foi o grande destaque desta tarde”, observou.

O presidente Tiago Prestes de Oliveira mencionou sobre os assuntos abordados nesta primeira sessão. “O lixo é um grande problema em Pinhão, é consequência da falta de educação da população, que critica o poder executivo e o legislativo, mas não faz sua parte, ela está muito acomodada. Concordo com a exposição do vereador Alexandre Gotardo, vamos pedir a ajuda dos vereadores”.

Encerrando a sessão, o presidente convidou o público presente, que eram cerca de 10 pessoas, que compareçam novamente na próxima sessão. “A Câmara Mirim se reunirá sempre nas primeiras segundas-feiras de cada mes, convido os presentes e a população em geral para comparecer e contribuir com sugestões, assim, poderemos realizar um bom trabalho”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − 3 =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: