Reunião online com diretores da Copel

Por Nara Coelho

Um grupo de pinhãoenses preocupados com as consequências socioeconômicas que a desativação da Vila Residencial e toda a estrutura está causando na região, bem como com o destino de toda a estrutura que há na Vila Residencial da Copel, que vai de anfiteatro a um Jardim Botânico com espécies raras, que o Fatos do Iguaçu vem denunciando desde 2020 se reuniram para tentar buscar junto com a Copel uma forma de não deixar que tudo aquilo se perca no tempo,  que não seja tomado pelo mato, que venha gerar vários problemas socioeconômicos para o município de Pinhão/PR.

O grupo

Eric Agnes, engenheiro florestal, Julia Streski e Margarete Soluchak, empresárias, João Andreola, comerciante, Jocelita Dellê, professora, Rodrigo Moreira, engenheiro Civil e morador na Vila Residencial da Copel, Olivo Deparis, presidente da ACIAP, Associação Comercial e Empresarial de Pinhão, fazem parte do grupo de pinhãoenses que se reuniu numa primeira conversa, decidindo a necessidade de ouvir o que a Copel tinha a dizer.

Encontro com o Presidente da Copel

No mês de março, a professora Jocelita Dellê solicitou ao deputado estadual Artagão Júnior, PSB, para que ele articulasse uma reunião com o presidente da Copel, este organizou uma reunião online, que aconteceu no dia 24 de março com a presença do presidente da Copel, Daniel Slavieiro, o Diretor Geral da Copel Geração e Transmissão, Moacir Bertol, o Deputado Artagão Jr, o Presidente da Paranatur, Jacob Mehl, o Diretor técnico da Paranatur, Evandro Pinheiro, professora Jocelita, os engenheiros Erick e Rodrigo, o presidente da Aciap Olivo Depares  e a empresária Margarete.

Segundo Jocelita, durante a reunião ela sentiu a Copel muito disposta a buscar juntos uma solução para a questão do Faxinal do Céu, “O presidente da Copel nos colocou que eles também querem encontrar uma solução, que estão dispostos a colaborar, mas que esperam que venham propostas da comunidade de como manter toda aquela estrutura de forma que ela se pague e gere renda e emprego para a região”.

O presidente da Copel indicou Adriano Fedalto, Diretor Administrativo Financeiro para ser o contato direto entre a empresa e a comissão que está se formando no municipio para buscar um caminho viável para Faxinal do Céu.

A comissão

De acordo com Jocelita, eles têm buscado ampliar a comissão e já tiveram algumas conversas com várias instituições, “Nós já fizemos reunião para parcerias com vários setores do governo como a Paranatur, Sedest – Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo e o IAT- Instituto Água e Terra e  com o setor privado. Todo esse trabalho de articulação tem sido possível porque temos tido o apoio do deputado Artagão júnior”.

Legislativo

Quem passou a integrar a Comissão foi o presidente da Câmara de Vereadores do municipio de Pinhão, o vereador Israel Oliveira Santos, PT, “Nós estamos prontos a fazer o que estiver ao nosso alcance para evitar o desmonte e abandono de Faxinal do Céu. Inclusive a empresa Copel está desativando o Ambulatório e nós já solicitamos via Deputado Tadeu Veneri uma reunião com a promotoria pública da comarca local”, destacou ele.

Reunião com Odacir Antonelli

Na quinta-feira, 8 de abril, alguns componentes da Comissão PróFaxinal do Céu tiveram um encontro com o empresário Odacir Antonelli, buscando seu o apoio.

Odacir reconhece que é preciso evitar que o mato tome conta de toda a estrutura que há no Faxinal do Céu, reconheceu a importância para a pesquisa e preservação de várias espécies da fauna e flora do Jardim Botânico. Também declarou que comercialmente não tem interesse pelo espaço, mas no que puder ajudar na busca de uma solução está disponível.

Participaram do encontro a professora Jocelita Dellê, a jornalista do Fatos do Iguaçu, Nara Coelho, que na ocasião representou também a ACIAP, o presidente do legislativo, o vereador Israel Oliveira Santos, os engenheiros florestal e civil, respectivamente Eric Agnes e Rodrigo Moreira.

Próximos passos

A Comissão explicou que o próximo passo é realizar uma reunião mais ampla no municipio de Pinhão com os empresários locais e com o executivo, bem como uma conversa com os reitores e diretores das faculdades e universidades da região.

LEIA TAMBÉM:

“É uma covardia o que a Copel está fazendo com Faxinal do Céu”, diz vereador Edson

Israel propõem revogar lei que doou terreno à Copel

Governo do Paraná pode definir destino de Faxinal do Céu

 

 


Compartilhe

Veja mais