Print da reunião online em março com o presidente da Copel

Presidente da Copel diz que aguarda proposta da comunidade pinhãoense de como manter Faxinal do Céu

Por Nara Coelho

Um grupo de pinhãoenses preocupados com as consequências socioeconômicas que a desativação da Vila Residencial e toda a estrutura está causando na região, bem como com o destino de toda a estrutura que há na Vila Residencial da Copel, que vai de anfiteatro a um Jardim Botânico com espécies raras, que o Fatos do Iguaçu vem denunciando desde 2020 se reuniram para tentar buscar junto com a Copel uma forma de não deixar que tudo aquilo se perca no tempo,  que não seja tomado pelo mato, que venha gerar vários problemas socioeconômicos para o município de Pinhão/PR.

O grupo

Eric Agnes, engenheiro florestal, Julia Streski e Margarete Soluchak, empresárias, João Andreola, comerciante, Jocelita Dellê, professora, Rodrigo Moreira, engenheiro Civil e morador na Vila Residencial da Copel, Olivo Deparis, presidente da ACIAP, Associação Comercial e Empresarial de Pinhão, fazem parte do grupo de pinhãoenses que se reuniu numa primeira conversa, decidindo a necessidade de ouvir o que a Copel tinha a dizer.

Encontro com o Presidente da Copel

No mês de março, a professora Jocelita Dellê solicitou ao deputado estadual Artagão Júnior, PSB, para que ele articulasse uma reunião com o presidente da Copel, este organizou uma reunião online, que aconteceu no dia 24 de março com a presença do presidente da Copel, Daniel Slavieiro, o Diretor Geral da Copel Geração e Transmissão, Moacir Bertol, o Deputado Artagão Jr, o Presidente da Paranatur, Jacob Mehl, o Diretor técnico da Paranatur, Evandro Pinheiro, professora Jocelita, os engenheiros Erick e Rodrigo, o presidente da Aciap Olivo Depares  e a empresária Margarete.

Segundo Jocelita, durante a reunião ela sentiu a Copel muito disposta a buscar juntos uma solução para a questão do Faxinal do Céu, “O presidente da Copel nos colocou que eles também querem encontrar uma solução, que estão dispostos a colaborar, mas que esperam que venham propostas da comunidade de como manter toda aquela estrutura de forma que ela se pague e gere renda e emprego para a região”.

O presidente da Copel indicou Adriano Fedalto, Diretor Administrativo Financeiro para ser o contato direto entre a empresa e a comissão que está se formando no municipio para buscar um caminho viável para Faxinal do Céu.

A comissão

De acordo com Jocelita, eles têm buscado ampliar a comissão e já tiveram algumas conversas com várias instituições, “Nós já fizemos reunião para parcerias com vários setores do governo como a Paranatur, Sedest – Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo e o IAT- Instituto Água e Terra e  com o setor privado. Todo esse trabalho de articulação tem sido possível porque temos tido o apoio do deputado Artagão júnior”.

Legislativo

Quem passou a integrar a Comissão foi o presidente da Câmara de Vereadores do municipio de Pinhão, o vereador Israel Oliveira Santos, PT, “Nós estamos prontos a fazer o que estiver ao nosso alcance para evitar o desmonte e abandono de Faxinal do Céu. Inclusive a empresa Copel está desativando o Ambulatório e nós já solicitamos via Deputado Tadeu Veneri uma reunião com a promotoria pública da comarca local”, destacou ele.

Reunião com Odacir Antonelli

Na quinta-feira, 8 de abril, alguns componentes da Comissão PróFaxinal do Céu tiveram um encontro com o empresário Odacir Antonelli, buscando seu o apoio.

Odacir reconhece que é preciso evitar que o mato tome conta de toda a estrutura que há no Faxinal do Céu, reconheceu a importância para a pesquisa e preservação de várias espécies da fauna e flora do Jardim Botânico. Também declarou que comercialmente não tem interesse pelo espaço, mas no que puder ajudar na busca de uma solução está disponível.

Participaram do encontro a professora Jocelita Dellê, a jornalista do Fatos do Iguaçu, Nara Coelho, que na ocasião representou também a ACIAP, o presidente do legislativo, o vereador Israel Oliveira Santos, os engenheiros florestal e civil, respectivamente Eric Agnes e Rodrigo Moreira.

Próximos passos

A Comissão explicou que o próximo passo é realizar uma reunião mais ampla no municipio de Pinhão com os empresários locais e com o executivo, bem como uma conversa com os reitores e diretores das faculdades e universidades da região.

LEIA TAMBÉM:

“É uma covardia o que a Copel está fazendo com Faxinal do Céu”, diz vereador Edson

Israel propõem revogar lei que doou terreno à Copel

Governo do Paraná pode definir destino de Faxinal do Céu

Naor Coelho

Naor Coelho, administrador de empresa, jornalista e o diretor responsável pelo Fatos do Iguaçu

Naor Coelho has 8842 posts and counting. See all posts by Naor Coelho

Faça seu comentário