PRAZOS, ETAPAS e METAS

Entre outras coisas importantes em nossas vidas, estão o cumprimento de prazos e vencimento de etapas, para se atingir metas/objetivos.

Na área da advocacia, uma das coisas que mais judia dos profissionais do direito, é o cumprimento de prazos. E hoje ainda mais, porque o sistema eletrônico, você anoitece com os serviços em dia, e já nas madrugadas e manhãs, aparecem intimações, e prazos fatos que geram, não mais poder recorrer, extinção de processos, e prejuízos entre outros de custas processuais e até honorários advocatícios de sucumbências.

            Fora os prazos de faturas mensais de energia elétrica, água, telefone,  contribuição previdenciária (INSS), nós temos os seguintes prazos de pagamentos a cumprir: seguro DPVAT em janeiro, anuidade da OAB (R$798,80 que venceu em 10/2/17); Certificado de Cadastro de Imóvel Rural-CCIR até 28/2/17; Taxa de Verificação de Funcionamento Regular-TVFR e de Vigilância Sanitária que vencem em  13/4/17; IPTU em que 1º. parcela ou pagamento à vista está previsto para até 12/6/17; Contribuição Sindical Rural-CSR de pagamento obrigatório e sem multa até 20 de maio de cada ano; Imposto Territorial Rural-ITR, até o final de setembro de cada ano; licenciamento de veículos, depende do número da placa. Essas coisas, são o basicão, e é um mau negócio, pagar coisas atrasadas, e ficar inadimplente, além de multas, atualização monetária, juros, há problemas outros, como não obtenção de Certidões Negativas, que são necessárias para praticamente todas as coisas da vida pública, inclusive para assumir cargos públicos, venda de imóveis e mesmo depois da sua morte, na sucessão, sem as quais Formais de Partilha não são expedidos.

            Outra coisa, digna de reflexão, é entendermos e sermos pacientes com as etapas que temos que vencer para os atos e caminhadas da nossa vida. Hoje, há muitas coisas instantâneas, rápidas,  mas para que essa sistemática funcione, é preciso vencer etapas. Nada acontece, de uma hora para outra, ou sem muito trabalho. Para quem está com a vida em ordem, organizada, imóveis com matrículas separadas (não em condomínio) e mesmo o seu ITR, CCIR, IPTU, separados, tudo fica mais fácil. É “pedreira”, “parto de ouriço” reunir dinheiro de condôminos, para pagamento de tributos, ou estar com imóvel em comum, para regularização documental.

            Outra coisa de relevância em nossas vidas, é você ter metas, objetivos, de onde você quer chegar ou que  conquistar. Não dá para cair na onda, acaso, do comodismo, do que é para mim virá, do ficar apostando na sorte, “pecado da omissão”, indiferença, neutralidade.

            Temos que ser otimistas, mas não iludidos e vulneráveis a enganações, ilusões, fantasias, e males do gênero.

            Outra coisa para encerrar a reflexão. É importante sonhar, querer coisas boas,  buscar o melhor para a sua vida, mas é fundamental estar preparado para os revezes, pois, muitas coisas por mais que você se empenhe  e trabalhe bastante (lute), não dão certo. Quem sabe faz à hora não espera acontecer, mas é fundamental, estar preparado para o “Não vencer ou não conseguir”. E se ter planas/metas “A”, “B” ou “C” para que  algo não conseguido não se transforme em derrota,  frustração, depressão, desencanto, melancolia, angústia.  E sim, em mais uma experiência, motivação para novos embates e metas, aprendizado  construtivo para a vida que é bela, uma graça e dom divino, e que se renova, em cada criança (filho ou filha desejada) que venha ao mundo, e esperanças que renasçam.

Francisco Carlos Caldas, advogado  e cidadão. E-mail advogadofrancal@yahoo.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − 4 =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: