Viatura policial

Após várias ligações denunciando que na rua dos Papagaios, bairro Água Verde, acontecia uma festa em via pública utilizando som de um veículo Saveiro com volume excessivamente alto.

Por volta das 23h00min de sábado, 18 de setembro, uma equipe Rádio Patrulha deslocou-se até o local informado e  realizou a abordagem de aproximadamente 15 pessoas, entre elas adolescentes, crianças de aproximadamente 3 a 4 anos e vários adultos de ambos os sexos, sendo identificado um homem de 26 anos como proprietário do veículo. Informado que sua aparelhagem de som seria apreendida e que deveria acompanhar  a equipe policial para lavratura do Termo Circunstanciado, disse que não tiraria o som do veículo e que se tivesse que ser apreendido, que apreendessem o veículo junto. Sendo então informado que seria feito dessa maneira.

O referido concordou e entrou no banco de trás da viatura policial,  nesse momento um homem de 18 anos começou a gravar a ação policial com seu aparelho celular, sendo informado por um dos policiais que  ele seria encaminhado com seu aparelho celular a fim de ser arrolado como testemunha. Negando-se a obedecer, jogou seu aparelho celular em cima do telhado de sua residência e partiu para cima do outro policial. Nesse momento, outras pessoas que se encontravam na via partiram para cima da equipe policial, onde o autor da situação pulou a janela da viatura policial e tentou desferir um soco na face de um dos policiais, ambos entraram em luta corporal, caindo na via, sendo necessário o uso de força compatível para conter a ação do homem, a mesma situação ocorria com o outro policial e o homem de 18 anos.

Com várias pessoas tentando agredir os policiais, um dos policiais da equipe desferiu dois disparos de arma de fogo em um morro de terra no chão a fim de inibir a ação das pessoas, resultando positivamente à dispersão, sendo então logrado êxito em algemar os dois autores e colocá-los no compartimento fechado da viatura policial.

O veículo foi guinchado com a aparelhagem de som até o pátio do Pelotão e ambos os autores encaminhados com o policial ferido até o hospital local para realizar exames. O fato resultou em escoriações na face dos homens, e no policial, escoriações na face e ruptura do músculo da coxa da perna direita, além de um inchaço no cotovelo do braço esquerdo. Os autores foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil para serem tomadas as medidas cabíveis.

Com informação do 4º PPMPho


Compartilhe

Veja mais