Pinhãoenses se destacam no FICIENCIAS

Os colégios Santo Antonio e Procópio tiveram projetos premiados

Por Nara Coelho

A Feira de Inovação das Ciências e Engenharias – Ficiencias, é um espaço para estudantes apresentarem ideias criativas e inovadoras. É um local de integração e troca de experiências, aproximando estudantes e professores de Ensino Fundamental, Médio e Universitário.

A VII FICIENCIAS aconteceu em Foz do Iguaçu de 5 a 8 de novembro, aproximando estudantes de vários estados do Brasil, da Argentina e Paraguai. O evento é promovido pela Itaipu, em parceria com duas universidades federais, duas internacionais, com o apoio do Ministério de Educação.

PINHÃOENSES

A proposta é que ao longo do ano letivo os alunos orientados por seus professores se debrucem sobre uma pesquisa e apresentem na FICIENCIAS o resultado dessa pesquisa, o evento tem duas etapas, na primeira os projetos são escritos e passam por uma avaliação, os que são classificados são apresentados no evento e lá passam por uma nova avaliação e são premiados.

COLÉGIO PROCÓPIO

O aluno do 9ª ano B, Emanuel Ortiz Dias, do Colégio Estadual Procópio Ferreira Caldas, levou para o FICIENCIAS o projeto, “Produzindo Energia e Suando a Camisa, teve como orientadora a professora Josilda Maciel Panizzi, da disciplina de Matemática.

O projeto estimula os jovens a pedalar uma bicicleta para carregar a bateria do celular, concorreu com 150 projetos na área de engenharia e ficou em terceiro lugar.

Para o aluno foi uma experiência enriquecedora e inesquecível,

“Foi muito boa a experiência, só de estar lá foi extraordinário, pois nós pudemos conversar com os doutores das universidades ou do Parque Tecnológico da Itaipu”. Declarou.

Quem avaliou seu trabalho foi uma engenheira elétrica da Itaipu, “Ela está desenvolvendo um ônibus elétrico, conversamos uma hora e foi muito enriquecedor. Pude conversar com alunos e professores de outros estados e países, foi cansativo, mas valeu muito a pena, aprendi muito com a pesquisa e lá no evento”, afirmou o aluno.

A professora Josilda explicou que esse foi o primeiro ano que ela orientou um trabalho para o evento e contou com a co-orientação da professora Eva Basilio Komar de Ciências.

Ela ressaltou a evolução do aluno, Emanuel,

“A experiencia de orientar é trabalhosa, mas é muito gratificante ver o quanto o Emanuel cresceu. Ele foi amadurecendo e se dedicando cada vez mais. A transformação e aquisição de conhecimento dele foi ficando evidente nos textos que ele foi montando sobre a pesquisa, ele assimilou os termos técnicos, inclusive”.

OBRIGADO

A direção do colégio Procópio, professoras e o aluno Emanuel, agradecem ao senhor Agenor Simão, que construiu a bicicleta que foi utilizada na experiencia, “Sem essa colaboração tão importante do senhor Agenor o Emanuel não teria conseguido realizar a sua pesquisa, queremos dizer a ele muito obrigada”. Destacou Josilda.

COLÉGIO SANTO ANTONIO

O professor mestre da disciplina de História, Jorge Nei Neves, com a professora Maria Angela de Lima, da disciplina de Matemática, orientaram os dois trabalhos do Colégio Estadual Santo Antonio que  classificaram na FICIENCIAS.

Os alunos Jhoane da Silva Doim, Amanda Terlescki da Rosa, Kassia Kristini Kinseler apresentaram o trabalho: Quebrando o Silêncio: Enfrentamento à Violência Contra a Mulher. 

RECEBERAM PASSAPORTE PARA FORTALEZA

Os alunos Andrelson de Lima Batista, Amanda Larissa Santos Oliveira e Denis Matheus Cavalheiro apresentaram o projeto: Catadores da Sobrevivência: associativismo, narrativas e identidades dos trabalhadores da reciclagem em Pinhão.

Pela dedicação e estudos feitos receberam como reconhecimento o passaporte para a participação na Expo Nacional MILSET Brasil, um evento internacional do Movimento Internacional para o Recreio Científico e Técnico – MILSET, do Comitê da MILSET AMLAT e da Associação Movimento pela Ciência e Aprendizagem do Brasil, que será realizado na cidade de Fortaleza, CE, em maio de 2020.

Faça seu comentário

%d blogueiros gostam disto: