OUTUBRO ROSA: Pinhãoenses convidadas para Noite Rosa e Dia D

O ‘Dia D’ está marcado para os sábados, 22 e 29. E a ‘Noite Rosa’ dia 27, a partir das 19h30, no Sifumpi

O movimento popular internacional Outubro Rosa teve início na última década do século 20, quando o laço cor de rosa foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira ‘Corrida pela Cura’, realizada em Nova York, em 1990. O nome remete à cor do laço rosa, que simboliza mundialmente a luta contra o câncer de mama.

Em 2016, a campanha no Outubro Rosa tem como tema “Câncer de mama: vamos falar sobre isso?”. O objetivo é fortalecer as recomendações do Ministério da Saúde para o rastreamento e o diagnóstico precoce do câncer de mama e desmistificar conceitos em relação à doença.

NOITE ROSA

Em Pinhão, um dos eventos é a ‘Noite Rosa’, que será promovida pela Creserv para lembrar as mulheres e conscientizá-las sobre o câncer de mama e a importância do autoexame. Qualquer mulher que tiver interesse pode participar. Será dia 27 de outubro, uma quinta-feira, a partir das 19h30, no Sifumpi. Haverá uma conversa com um especialista para esclarecer dúvidas e enfatizar a importância da prevenção e uma palestra com a psicóloga Regina Nunes. Para as convidadas será servido coquetel e participam de sorteios de prêmios.

‘DIA D’

Engajada nessa campanha de conscientização, que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção, a Secretaria Municipal de Saúde de Pinhão promove algumas atividades durante o mês de outubro. Entre eles o ‘Dia D’, que em 2016 serão em dois sábados, dia 22 e 29 de outubro. Nestas datas serão realizados exames preventivos de câncer do colón e de mamas no Posto de Saúde Central. É preciso levar o cartão do Sus, CPF e RG.

Diariamente, na Clínica da Mulher e também nos ESFs, das 14 às 16h30, estão sendo realizadas a coleta de preventivo e o auto exame de mama para as mulheres de 35 a 50 anos. “A apalpação da mama serve para ver se encontra algum nódulo”, explica a enfermeira Gloria Maria Rocha Tavares Zambruski.

Todos os dias também a realização de agendamento de mamografia para mulheres acima de 50 anos. Mais informações e esclarecimento de dúvidas pelo telefone 42 3677 3188.

TRATAMENTO

O tratamento é individualizado, depende do tipo e do estágio da doença. Pode sugerir a retirada, ou seja, a mastectomia total ou parcial de um setor ou quadrante. Ou ser feito quimioterapia ou radioterapia, dependendo do caso.

MAMOGRAFIA

A Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia e a Sociedade Brasileira de Mastologia recomenda o exame anualmente a partir dos 40 anos. Existe uma nova política que, como rotina, só a partir dos 50 anos, as pacientes do Sus podem fazer acima de 49 anos.

O alerta é para quem tem histórico familiar positivo para câncer de mama, principalmente casos de mãe e irmãs. A rotina deve iniciar aos 35 anos, mesmo sem sintomas nenhum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − sete =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: