O que podemos fazer por nossa cidade?

Nesta semana nosso município celebra os 54 anos de emancipação. Alguns só conseguem ver os defeitos, outros, estão tão preocupados com seu próprio umbigo, que não se importam; outros tem a clara convicção de que são parte dessa cidade, portanto da história dela também.

Devemos celebrar esta data sim, pois estamos usufruindo deste lugar, formando famílias, desenvolvendo negócios, vendendo, comprando, crescendo, enfrentando lutas, conquistando, e outros mais. Se você, como eu, reside nesta cidade, então essa cidade faz parte de sua história, faz parte da minha história, é a nossa casa. 

Portanto, devemos torcer pelo nosso município, devemos celebrar juntos, as conquistas, assim como diagnosticar os problemas, as mazelas e juntos lutarmos para que as dificuldades sejam superadas. O grande problema é que muitos querem apenas sugar o lugar onde vivem, são os primeiros a criticar tudo no município, mas não fazem parte da mudança, da melhora, do fortalecimento, não colaboram.

É atribuída a John Kennedy a célebre frase: “não pergunte o que o seu país pode fazer por você. Pergunte o que você pode fazer pelo seu país”. Parafraseando para a nossa realidade, devemos fazer o mesmo em relação a essa cidade simpática, que tem acolhido tanta gente, de tantos lugares, que tem nos acolhido. Não pergunte simplesmente o que esta cidade pode fazer por você, e sim o que você pode fazer por esta cidade.

É claro que o município deve dar condições aos seus munícipes, mas não nos esqueçamos da parte importante que nos cabe neste processo. A nossa cidade pode ser melhor, mais desenvolvida, mais alegre, mais bonita. Isso, não parte simplesmente daqueles que nos representam na esfera política, antes, parte de cada cidadão, desenvolvendo com excelência a sua cidadania, zelando do seu jardim, da sua calçada, não jogando lixo na rua, estacionando corretamente, respeitando o trânsito, favorecendo o comércio local e favorecendo a freguesia local também, falando bem de nossa cidade e outros mais.

Vamos olhar com expectativa para o futuro de nossa cidade. Agradeço a Deus por esta cidade que tem acolhido a mim e a minha família. Sou Pinhãoense e oro por esta cidade. Já diz a Escritura Sagrada: “Procurai a paz na cidade, orai por ela, porque na sua paz tereis paz” (Jeremias 29.7). Cidadãos de bem, fazem bem a cidade, com isso, a cidade vai bem, consequentemente, todos vão bem.

Que Deus abençoe ricamente, mais e mais o nosso querido Pinhão, que seja uma cidade de paz, porque na sua paz teremos paz, no seu desenvolvimento e crescimento, nós também desenvolveremos e cresceremos.

Avante Pinhão, uma cidade com muita história para se contar, mas com muita história para se viver.

Sandro Carvalho Rodrigues – pastor da Igreja Presbiteriana do Pinhão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 5 =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: