O dinheiro é bom

O dinheiro não é tudo na vida, sei que você já ouviu isso, ou já falou isso. Isso é meio contraditório pois, quando acometidos por uma crise financeira, como isso mexe com as pessoas e com as famílias. Vivemos sim num contexto onde o ter parece que é mais importante do que o ser e, para ter, muitos abrem mão de princípios e valores, passam por cima de quem for e do que for, para ter; infelizmente, muitos se corrompem por causa do dinheiro.

Não defendo aqui que o dinheiro é ruim, pelo contrário, é muito bom ter dinheiro, o que não pode acontecer é o dinheiro nos ter. o problema é quando o dinheiro se torna um deus, quando ele é valorizado mais do que as pessoas. As Escrituras Sagradas nos chamam a atenção neste aspecto, dizendo o seguinte: “o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males, algumas pessoas, por cobiçarem o dinheiro, desviaram-se da fé e se atormentaram com muitos sofrimentos” (I Timóteo 6.10).

O dinheiro não deve nos dominar, nós que devemos dominá-lo, administra-lo  com sabedoria. O ter não deve nos dominar também, é claro que, não tem nada de errado você sonhar e buscar melhorar de vida, o problema é quando isso toma toda a sua vida e a família fica esquecida. Alguém já disse que “desejaria que todos pudessem ter muito dinheiro e muita fama, para descobrirem que isso não traz sentido, não traz alegria”.

Portanto, devemos educar-nos no trato com o dinheiro, ele deve ser nosso servo e não nós, servos dele. Devemos buscar equilíbrio na forma como administramos o que ganhamos, o que temos e o que queremos ter. Devemos sim, reconhecer que o dinheiro é bom, o que o torna ruim é quando o amamos mais do que tudo. Em um contexto corrupto que vivemos, devemos reafirmar que vale apena ganhar o dinheiro honestamente.

Quando princípios e valores são negociados por causa do dinheiro, certamente isso trará tormento, sofrimento. Vale a pena concluir, lembrando o que Jesus mesmo disse nos evangelhos – “buscai pois, em primeiro lugar o reino de Deus e a sua justiça e as demais coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6.33).

A suma é – busque a direção e a sabedoria de Deus para que você possa administrar da melhor maneira suas finanças, seus investimentos, o seu ter, os seus sonhos, inclusive as crises, para que tua vida vá bem.

Rev Sandro – pastor da Igreja Presbiteriana do Pinhão

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­_____________________________________________________________________________

Aos domingos, as 09:30 e as 19:30 você está convidado para ouvir uma mensagem relevante para sua vida e família

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − 13 =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: