Nem tudo o que é novo é bom

Vivemos na era da inovação, a cada dia surgem novas tecnologias, novas teorias, é uma corrida desenfreada pelo novo. As pessoas estão sempre em busca de novidades, o novo modelo de celular, nem bem saiu, e tem gente na fila, esperando ansiosamente. Não vejo problema com o novo em si, o problema é quando o novo quer tomar lugar de conceitos e pressupostos que não podem ser trocados. Quando falamos em novidade é bom lembrar também que hoje a cultura das novas ideias, novos conceitos, é um avanço sim, mas tem que tomar cuidado para que as mesmas não destruam bases “antigas”, que são inegociáveis. Só porque é novo não significa que não temos que refletir e discernir bem sua validade. Digo isso, porque assim como existe o novo para o bem, existe o novo para o mal. Hoje em dia vivemos um relativismo, onde, certas verdades universais, tem sido questionadas, o que importa na verdade “é o que eu penso”. O interessante é observar que muitas novas ideologias por aí, tendem a tratar como preconceituosas, toda e qualquer verdade absoluta, caindo em uma contradição absurda. Quando questionadas, tratam como preconceito, mas quando questionam, são donas da verdade, isso é contradição. O conceito do que é certo e errado não mudou. Embora muitos defendam que os tempos hoje são outros, mas o que é errado continua sendo errado e o que é certo continua sendo certo. O problema hoje é que muitas novas ideologias querem tratar o errado como sendo certo e o certo como sendo errado. A Bíblia fala que não devemos remover marcos antigos (Provérbios 22.28). Com isso, não quero ser retrógado, mas sim reafirmar certos valores e princípios que são inegociáveis. Ser honesto, ser justo, ser fiel ao seu cônjuge, respeitar pai e mãe, são princípios inegociáveis. Muitas novas ideologias querem acabar de uma vez por todas com a palavra “limites”, e é justamente isso que muitos estão precisando. O famoso “deixe que criança seja e faça o que ela quiser”, não é uma boa novidade. A criança precisa ouvir “não”, quando vai fazer algo errado, e precisa ouvir “sim”, para aquilo que é certo. Uma criança entregue a si mesma vai dar problema no futuro, ela precisa de orientação, de educação, de limites sim. Surgiu um grupo pedindo o fim da Policia Militar, mas, bastaram alguns dias sem a PM no Estado do Espirito Santo, para se transformar num caos. Quando digo limites estou falando de princípios que de fato ajudem e melhorem nossa sociedade como um todo. Portanto, cuidado com as novas ideologias. Avalie bem as novidades, antes de concordar e discordar de novos conceitos. Nem tudo o que dizem que é bom, é bom mesmo, e nem tudo o que dizem que é mau, é mau mesmo. Que Deus nos ajude a fazermos as escolhas corretas na nossa caminhada e que a Sagrada 13Escritura, o livro que é mais novo do que jornal da semana que vem, ilumine mente e corações e assim possamos viver uma vida cheia de sentido e significado, retendo o que é bom e rejeitando o que não vale a pena.

Rev Sandro – pastor da Igreja Presbiteriana do Pinhão 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 3 =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: