Violência doméstica

Uma mulher compareceu  ao 4º Pelotão da Polícia Militar de Pinhão – Pr, na quarta-feira, 06 de outubro e relatou ao plantão que possui medida protetiva contra seu ex-convivente, que já esteve preso por descumprir, e que na terça-feira, novamente descumpriu, entrando em sua residência, agrediu seu filho de 7 anos com um tapa na boca, puxando os cabelos dela e ameaçando-a de morte se ligasse para a polícia.

A vítima teve que deixar a residência com seus filhos e dormir na residência de uma vizinha.

Relatou que por diversas vezes  seu ex obrigou-a manter relações sexuais sem o seu consentimento e ainda informou que quando saía, ao retornar constrangia-a fazendo com  que tirasse suas roupas e analisava suas partes intimas para saber se teria saído de  casa para trai-lo, disse à PM que ainda não teria  relatado essa situação por medo das ameaças do indivíduo.

Uma equipe policial deslocou-se até a residência e encontrou A.S., 26 anos dormindo. Dada voz de prisão, após conte-lo por ter reagido contra a prisão foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil para serem adotadas as medidas cabíveis.

De acordo com a PM,  durante a confecção do boletim  de ocorrência o individuo ameaçou a vítima dizendo que sairia aquele dia mesmo da cadeia e que se ela não retirasse a medida protetiva ela iria ver!

Com informação do 4ºPPMPho

 


Compartilhe

Veja mais