Gaeco e Gepatria cumprem três mandados de busca e apreensão em residências de dois vereadores e uma servidora de General Carneiro

Redação Fatos do Iguaçu com Assessoria

O Ministério Público do Paraná deflagrou na manhã desta quinta-feira, 5 de setembro, a Operação Quinhão, com o cumprimento de três mandados de busca e apreensão em residências de dois vereadores (um deles, atual presidente do Legislativo) e uma assessora da Câmara Municipal de General Carneiro, no Sudeste paranaense. Os alvos são investigados por suposta apropriação de salários de servidores contratados pela Câmara. Vários vereadores partilhariam os valores exigidos dos funcionários.

Os mandados, deferidos pelo Juízo da 1ª Vara Criminal de União da Vitória, foram cumpridos pelo núcleo de Ponta Grossa do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e pelo núcleo de União da Vitória do Grupo Especializado na Proteção do Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa (Gepatria).

Deixe uma resposta

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: