Ficha limpa

Esta semana, o senado ficou em evidência, não por um projeto de melhoria para o país, e sim por um projeto que traria alterações a lei da ficha limpa, alterações estas prejudiciais. A lei da ficha limpa existe, não primeiramente por iniciativa dos representantes eleitos pelo povo e sim pelo próprio povo.

Uma lei que se tornou lei, mas por pressão da iniciativa popular.Com essa lei os políticos envolvidos em corrupção ficam inelegíveis por 8 anos(deveria ser 20 anos). As mudanças propostas eram para que, entre várias coisas, diminuísse o tempo de inegibilidade.

Graças a Deus, o proponente de tais mudanças desistiu do projeto. Mesmo assim, é preocupante quando vemos algo do tipo sendo proposto, pois na prática significa, proteger a corrupção, ser conivente com o que é errado, projetos como este não deveriam nem ao menos ser cogitados. Infelizmente existe sim um afrouxamento em relação aos limites, isso em todas as esferas, não simplesmente política.

Viver uma vida honesta, justa,de caráter, deve ser o nosso alvo, e sim devemos simplesmente agradecer por leis e projetos que protegem o que é certo. Muitos alimentam seus erros, e não medem esforços para proteger seus erros, e quanto mais escondem, mais danosa será a consequência. Não estamos livres de falhas, mas devemos almejar, lutar para vivermos uma vida “ficha limpa”, e não ser coniventes com que é errado, ou defender o que não vale a pena.

O grande problema é que muitos vão reconhecer seus erros quando forem descobertos, embora, muitos mesmo sendo descobertos,negam suas falhas, ao invés de reconhecer seus erros. Existe um princípio bíblico que se aplica a todos “colhemos o que plantamos”. Tem muitos que colhem caos, graves consequências que afetam não somente a si mesmos, mas vários ao seu redor, devido a frouxidão em relação ao que é errado.

As consequências de viver uma vida “ficha limpa”, são as melhores, é você dormir um sono gostoso,estar em paz, ser exemplo para os seus, não nada a esconder, deixar um legado que vale apena. Para aqueles que procuram viver uma vida correta, a “lei da ficha limpa” é bem-vinda, para aqueles que não reconhecem seus erros e querem esconder sua falta de caráter, vão sempre criticar tudo o que venha proteger o caminho certo, o que é justo e honesto.

Que o Eterno Deus nos ajude e nos fortaleça para vivermos uma vida “ficha limpa”.

Rev  Sandropastor da Igreja Presbiteriana do Pinhão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × quatro =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: