Colégio Mprski

No município de Pinhão/Pr. o Colégio Estadual Professor Mario Evaldo Morski, e a Escola Municipal Professora Eroni Santos Ferreira, suspenderam as aulas, devido a casos de professor e alunos contaminados.

Colégio Morski

Na quarta-feira, 15 de setembro, o professor Fernando Sviercoswki, diretor do Colégio Estadual Professor Mario Evaldo Morski, soltou uma nota suspendendo o atendimento ao público e as aulas presenciais por 10 dias. As aulas presenciais retornarão na segunda-feira, 27 de setembro.

5 Casos de contaminação

Em conversa via telefone com a reportagem do Fatos do Iguaçu, o diretor explicou que eles seguem todos os protocolos de prevenção estabelecidos para a pandemia da covid de que, em caso de três ou mais casos confirmados, é preciso suspender totalmente as atividades da escola para evitar a ampliação dos casos e garantir a desinfecção do ambiente escolar.

No Colégio, uma professora que atua também na Escola Eroni, e 4 alunos positivaram. O diretor Fernando explicou que os 4 alunos não tiveram contato com a professora e que o contágio dos mesmos não ocorreu dentro da escola.

“Nós tomamos todas as medidas preventivas e o controle é rígido. Estamos suspendendo as atividades presenciais porque a saúde de nossos alunos é prioridade. Seguimos todos os protocolos da saúde em caso de contágio e é preciso suspender as atividades por 10 dias para que o vírus não se prolifere. Dia 27 voltamos com tudo”.

A escola deve ser avisada imediatamente

O diretor Fernando pede aos pais: “Se seus filhos têm suspeita de estarem contaminados, avisem a escola. Se confirmado, leve o atestado imediatamente à escola. Nós precisamos ser avisados, e rápido, para podermos garantir a saúde de todos”.

As aulas estão ocorrendo de forma on-line

O diretor destacou que os pais e alunos devem ficar bem atentos, porque as aulas presenciais estão suspensas. Porém, elas estão acontecendo de forma on-line e os alunos devem acompanhar para não ficar com faltas.

Escola Eroni

Segundo o que foi repassado pela coordenadora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação de Pinhão, Angela Aparecida Nascimento, a confirmação se deu em uma professora, um estagiário e uma funcionária da escola.

O estagiário é um dos 4 alunos contaminados e a funcionária é a mãe do estagiário.

Aulas serão remotas

Angela destacou para a reportagem do Fatos do Iguaçu, que a Escola suspendeu as aulas presenciais, apenas na quinta e sexta-feira, 15 e 16 de setembro porque na semana de 20 a 24 de setembro a Escola já tinha a previsão de ter somente aulas remota.

A Escola é segura

O diretor Fernando e a coordenadora Angela, afirmaram que as escolas são um lugar seguro, que professores e todos os funcionários das escolas estão atentos e tomando todas as medidas de higienização e distanciamento. Além disso, em qualquer suspeita de contagio já se realizam os protocolos de intervenção para evitar a proliferação dos vírus.

Os dois reforçaram os pedidos aos pais e sociedade em geral para que reforcem junto às crianças e jovens a necessidade constante do distanciamento físico, uso de máscara e utilização do álcool além do hábito de lavar várias vezes as mãos. Eles lembraram que as crianças e jovens aprendem com o exemplo dos adultos.


Compartilhe

Veja mais