DIÁRIO DA ESTRADA GRANDE

Um símbolo torna-se eficaz na medida em que ele reflete os valores que se fazem presentes no coração das pessoas. Quanto mais ele for capaz de fazer isso, mais efetiva será sua presença na arena política.

Um bom exemplo disso, no momento atual, é a figura do Ministro Sérgio Moro juntamente com a Operação Lava Jato. Estes representam o sentimento de indignação de grande parte da sociedade brasileira frente aos abusos do “capitalismo de compadrio” reinante em nosso país, diante da leniência das instituições frente aos mandos e desmandos dos poderosos e perante a esta esbórnia instalada pelos corruptos de alto a baixo em todo o Brasil.

Um claro sinal disso são as manifestações de apoio ao Ministro e bem como a Lava Jato, seja através das redes sociais, nas ruas ou em eventos públicos, como recentemente ocorreu em Brasília numa partida de futebol onde Moro foi ovacionado pela multidão.

Seus opositores, bandidólatras e similares, não medem esforços para corroer a imagem do homem e de sua obra; todavia, até o momento, nada conseguiram e, imagino eu, nada conseguirão, tendo em vista que o que os bandidólatras representam é fruto de um anseio real que, por sua deixa, não tem nada que ver com os anseios de boa parte dos brasileiros.

Doravante, creio eu que não demorará muito para que surjam inúmeros juízes, promotores e tutti quanti, que irão mimetizar Moro e a referida operação de limpeza e irão colar nos calcanhares de Aquiles de inúmeras “otoridades” pelo Brasil à fora, para desmantelar as quadrilhas que parasitam a estrutura estatal sugando o sangue dos pagadores de impostos deste nosso triste país.

Escrevinhado por Dartagnan da Silva Zanela, 13 de junho de 2019.

Blog: http://zanela.blogspot.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito + 20 =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: