Comunidade surda de Pinhão cria associação

Foto: Divulgação/Associação

Por Nara Coelho

A assistente social Suzete Batista Borges, secretária executiva do Conselho Municipal Com Deficiência, a intérprete de Libras, Martha Loureiro Gomes e a vice-presidente da Associação, Silvana do Belém Caldas, estiveram na redação do Fatos do Iguaçu para falar sobre a criação da Associação dos Surdos do município de Pinhão.

 Silvana, surda desde os dois anos por motivo de doença, hoje tem 32, é casada com Eraldo Matioski, que também é surdo e tem um filho de 11 anos, que é ouvinte, disse que a associação vai ser um espaço para eles se encontrarem e se ajudarem, “Os surdos gostam muito de estar e trabalhar juntos, pois assim um pode cuidar e ajudar o outro”.

DIFICULDADES

Silvanaé formada no curso de Magistério, assim apta a atuar na educação infantil e na primeira fase do ensino fundamental, contou que as dificuldades para os surdos em Pinhão são muitas, “Muito antigamente, éramos vistos sem serventia nenhuma, nesse sentido melhorou um pouco, porém,temos aqui poucas possibilidades de crescer.

As pessoas não abrem vagas de emprego, os empresários ainda não acreditam na capacidade e potencialidades dos surdos”. “Acreditamos que a Associação vai nos ajudar, pois com ela a comunidade de surdo aqui de Pinhão, vai ganhar visibilidade”, destacou ainda.

COMUNIDADE DE SURDOS

Silvana conhece 19 surdos e estão sempre em contato, mas, acreditam que o número de surdos no município deve ser mais de 30. “A associação vai nos ajudar a encontrar os demais surdos que estão espalhados pelo interior do Pinhão e mesmo na cidade”.

Martha destacou que ter esses encontros, esses contatos entre os surdos são muito importantes. “A capacidade de realização é igual entre ouvintes e surdos. Agora, a nossa forma de pensar é diferente. Como eles têm uma outra língua, a Libras, a forma de ver o mundo também fica diferente.

 Ter um espaço para o contato surdo,surdo e surdo ouvinte é muito importante, pois lá eles vão se expressar, vão realizar o repasse de informações sobre trabalho e qualificações. É nesse espaço que fomenta a língua e a identidade dos surdos”.

 Suzete abraçou essa causa por considerar que há tempos a professora Eolete Gomes vem trabalhando com a comunidade de surdos na Pastoral dos Surdos. “A participação deles no Conselho é muito marcante, eles são sempre muito compromissados, vemos a necessidade que eles têm de ter esse espaço para discutirem suas necessidade, desejos e sonhos”, contou Suzete.

ASSOCIAÇÃO

A Associação já está formada desde dia 26/03 (foto), a presidente é a Fernanda de Castro Assis. Numa parceria com a administração municipal, através da Secretaria Municipal de Assistencial Social,os encontros da Associação são de quinze em quinze dias,nas terças-feiras à tarde, a partir das 14 horas, no Centro de Oficinas de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV, no bairro Mazurenchen.

PARTICIPANTES

Todos que desejarem participar dessa luta podem se associar, os surdos, familiares dos surdos, intérpretes ou outros profissionais que atuam junto à comunidade dos surdos e simpatizantes da causa.

Para participar, a pessoa precisa se predispor a aprender a Língua de Sinais, a Libras, ir numa reunião para saber como funciona a Associação, como ela está organizada. Os interessados deverão se inscrever e fazer uma contribuição mensal de R$ 10,00.

Maiores dúvidas podem ser sanadas nas reuniões das terças-feiras, na secretaria de Assistência Social, nas segundas-feiras, na Bolsa Família com a assistente social Suzete.

ATIVIDADES JÁ PROPOSTAS

A Associação já está definindo uma data para realizar uma Festa Junina, formas de encontrar os demais surdos que há no município e estão buscando organizar um curso de Libras para oferecer à comunidade.

DIRETORIA

Presidente: Fernanda de Castro Assis

Vice-Presidente: Silvana do Belém Caldas

1ª Secretária: Martha Loureiro Gomes

2ª Secretária: Marlene Cardoso de Lima

1º Tesoureiro: Ricardo de Lima

2º Tesoureiro: Eolete Aparecida Gomes

Conselho Fiscal

Edenise Prudente de Lara

Evanira Prudente de Lara

Claudete Alves de Oliveira

Carlos Alberto Gonçalves

Um comentário em “Comunidade surda de Pinhão cria associação

  • 22 de maio de 2019 em 19:07
    Permalink

    Parabéns à todos e todas envolvidos!!!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + 13 =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: