Fórum Comarca de Pinhão

No banco dos réus estava Hélio Matoscheski e Valdinei dos Anjos

Nara Coelho
POR NARA COELHO

Desde o final de março, devido à pandemia do Covid 19, a Comarca do municipio de Pinhão/PR, havia suspendido os júris populares, pois estes são abertos ao público, possibilitando a aglomeração de pessoas. No dia 09 de novembro voltaram a acontecer as Sessões de Julgamento pelo Tribunal do Júri com o julgamento de Hélio dos Santos Matocheski e Valdinei Santos dos Anjos.

O júri foi transmitido pelo Youtube

Na sala do júri só puderam permanecer durante todo o julgamento os servidores, magistrado, promotor, advogados e jurados.

Para garantir que a população tivesse acesso e pudesse acompanhar passo-a-passo o julgamento, foi transmitido pelo canal do Youtube do Tribunal do Júri,  continua disponível pelo link, https://www.youtube.com/watch?v=LAlMTQWdpOc .

O CRIME

Hélio dos Santos Matoscheski e Valdinei Santos dos Anjos foram acusados de esfaquear e assassinar Claudemir Lima da Rosa na madrugada do dia 17/06/2017.

Segundo os autos, o crime aconteceu na rua Antonio Tussolini, próximo ao Clube São Luiz. Os dois acusados teriam esfaqueado a vítima, os golpes atingiram o coração e o pulmão.

O Ministério Público classificou como assassinato qualificado, já que pelos autos Claudemir teria sido segurado por um deles enquanto o outro o atingia com golpes de arma branca, o que dificultou a defesa da vítima.

Um foi absolvido,  outro foi condenado

O corpo de jurados após ouvir as testemunhas, os réus e os advogados de defesa e a promotora de justiça, absolveu Hélio dos Santos Matoscheski. Condenou Valdinei Santos dos Anjos, mas rejeitou a tese de crime qualificado.

Sentença

Após a decisão do corpo de jurado o juiz Tales Novaes Francis Dicler determinou a pena de 6 anos de reclusão. Como Valdinei estava preso até a data do julgamento já tendo cumprido 1 ano, 8 meses e 14 dias e por ter o direito a recorrer da decisão, o juiz concedeu ao réu  liberdade provisória, tendo que se apresentar mensalmente à justiça, se recolher em sua residência das 18 às 7 horas da manhã. Deverá ter monitoramento eletrônico, ou seja, terá que usar tornozeleira. 

Próximo Júri

O próximo júri acontecerá no dia 23, segunda feira, às 9 horas. Estarão sentados no banco dos réus Euller Nafalski Ferreira, Joilson Ferreira de Ramos e Rivaldo José Ferreira. Esse júri também seguirá os protocolos de prevenção e higienização da covid-19 e será transmitindo pelo Youtube.

Clique  👉 AQUI  e baixe o aplicativo da WEB RÁDIO FATOS


Compartilhe

Veja mais