CASO ALECRIM: Juiz nega embargos, mas marca audiência de conciliação

Pinhão-Pr:  O Juiz de Direito da Vara Cível de Pinhão, Gabriel Leão de  Oliveira, em decisão  nesta terça-feira,19 de dezembro, rejeitou os embargos de declaração, manteve a ordem de reintegração de posse mas aceitou uma sugestão do Comandante do 16º Batalhão da Polícia Militar  e marcou a realização de audiência de conciliação para o dia 20 de fevereiro de 2018 às 14 horas. Para participarem da audiência o  MST – Movimento dos Sem Terra e MP – Movimento de Posseiros devem escolher  dois membros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − três =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: