vereador João Reinaldo Pontes, PSD, “A Câmara está aqui para fazer cumprir a lei, e vamos fazer" | Foto: Naor Coelho

Carro do legislativo de Reserva do Iguaçu tem R$ 8,6 mil em multas

Ex-vereador e funcionário comissionado se negam a pagar a multa

Por Nara Coelho

O vereador João Reinaldo Pontes, PSD,  primeiro secretário da Câmara de Vereadores de Reserva do Iguaçu-PR, ao fazer uso da tribuna na sessão de segunda-feira, 22, fez um relato de suas atividades, entre elas estava o levantamento de multas acumuladas em um dos veículos da Câmara.

O veículo

A Câmara  possui dois veículos, um deles é um polo sedan, hoje inclusive está agora emprestado para a secretaria de Obras. Nas duas legislaturas anterior, 2012/2015 e 2016/2020 o carro foi utilizado pelo legislativo.

Segundo o vereador João Pontes, consta no Detran o valor de R$ 8.600,00 de multas, quase todas por excesso de velocidade, ultrapassagem em faixa dupla e de passagem com o sinal de trânsito no vermelho.

Infratores

Funcionários da Câmara e vereadores foram chamados para pagarem suas multas após levantamento de identificação dos infratores.

Pago na justiça

João Pontes explicou que estão sendo gerados os boletos das multas e entregues às pessoas, elas estão pagando, dos vereadores que cometeram a infração e foram reeleitos, está sendo descontado direto na folha de pagamento, porém, um ex-vereador e um “funcionário de confiança”, como mencionou João Pontes, disseram que não vão pagar, que se quiserem, que entrem na justiça. “A Câmara está aqui para fazer cumprir a lei, e vamos fazer, é importante que as pessoas se lembrem que isso é improbidade administrativa, pode levar à suspensão dos direitos políticos”.

Lembrou também que, como na época da infração não foi indicado o motorista, a multa sofreu alteração de valor, multa como a de ultrapassagem perigosa que era de R$ 1.400,00 foi para R$ 2.800,00.

Faça seu comentário