Capa e Editorial da Edição nº: 904

EDITORIAL

Tudo se interliga

Ainda existem muitas pessoas que sonham e insistem que a solução para o desenvolvimento dos pequenos municípios é a chegada de uma grande empresa ou indústria, contudo, os estudos e pesquisas tem mostrado que essa não é a melhor solução.

Em alguns casos, de fato levam ao desenvolvimento, porém, trazem junto tantos problemas sociais que muitas vezes o saldo da relação custo benefício é negativo. Fora que elas não têm raízes locais, assim, se surgir algum lugar que considerem melhor vão embora sem a menor preocupação com o estrago que sua saída fará à vida do município. A proposta que os estudos têm mostrado é a aposta no potencial e vocação de cada município.

É importante lembrar que pequenas ações bem articuladas geram grandes resultados. Essa edição traz a reportagem da Casa do Artesão buscando se ressignificar com apoio do departamento do Turismo, que também começa a ter ações mais concretas e planejadas, mostrando que a gestão finalmente percebe que turismo é também fonte de renda.

Outra reportagem fala do Seminário de Crédito que aproximou o setor financeiro, as micros, pequenas e médias empresas, a ACIAP, o poder público e o Sebrae. Em outra, sobre o Programa Cidade Digital, se vê a modernização e a acessibilidade chegando e chegando para todos no que se reforme a tecnologia e comunicação de ponta em relação à internet, ponto essencial para quem busca e sonha com o desenvolvimento e crescimento de um município.

O mais importante é que olhando cada uma dessas ações vai se percebendo que todas elas estão articuladas, interligadas, cada uma dessas ações é muito importante, mas é a articulação entre elas que vai indicando que se tem um novo momento acontecendo no município.

Aqui é importante frisar que não é um novo tempo trazido por esse ou aquele grupo ou partido político, ele está posto pela articulação e consciência de cada setor da sociedade, que é passada a hora de fazer o movimento em prol do desenvolvimento. Que esse movimento é uma construção que exige a participação de todos, pois não há setor ou ação isolada em um município, tudo e todos estão interligados e são interdependentes.

Com toda a certeza é possível trazer progresso, desenvolvimento e qualidade de vida a todos, partindo e trabalhando com as próprias potencialidades do município, para isso, basta acreditar nessas potencialidades, arregaçar as mangas e, claro, trabalhar de forma articulada e unida, pois como diz o escritor Paulo Coelho, quando muitos desejam e trabalham em prol de algo, o universo conspira a favor. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + três =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: